Maranhão

Maranhão

O Maranhão é um estado cheio de história, cultura e belezas naturais. Casa da maior coleção de azulejo português do Brasil, arquitetura colonial, parques naturais, praias e dos famosos Lençóis Maranhenses e da Chapada das Mesas, o estado surpreende os visitantes em cada detalhe.

Quem pensa no Maranhão já se lembra logo de São Luís e dos Lençóis, mas o estado tem muito mais atrativos para oferecer. Parte importante da História do Brasil, é no Maranhão que se encontram, ainda, traços arquitetônicos do Brasil Colônia, muitas cores e uma cultura efervescente.

Vem com a gente conhecer de pertinho o estado do Maranhão.


Turismo no Maranhão

A estrutura turística do Maranhão divide o estado em dez regiões, de acordo com o potencial de cada uma e os atrativos que o turista irá encontrar por lá. O turismo de natureza e aventura é bastante forte no Maranhão, por conta das características do estado. Mas isso não quer dizer que seja o único atrativo da região, a cultura, a história e a gastronomia também são destaques.

Os principais pólos turísticos do Maranhão são os seguintes:

Lençóis Maranhenses

O Pólo Parque dos Lençóis concentra o conjunto de lençóis, praias, dunas e lagoas que compõem o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, um tesouro do Brasil. Outros atrativos da região são a vila de pescadores de Mandacaru e a praia de Caburé, onde as águas doces do Rio Preguiça encontram as águas salgadas do Oceano Atlântico.

Chapada das Mesas

O Parque Nacional da Chapada das Mesas, criado em 2005, contempla os municípios de Estreito, Carolina e Riachão. Os biomas encontrados na região são Cerrado, Caatinga e Amazônia, o que faz com que o relevo seja bastante variado. Chapadas vermelhas, buritizais e sertões estão entre as paisagens da região. O ponto alto da Chapada são as cachoeiras com seus mirantes, praias e trilhas. Além disso, a Chapada das Mesas ainda é um ótimo ponto de observação de aves e vida selvagem.

São Luís

Localizado bem no centro do litoral maranhense, o Polo São Luís contempla a capital e mais quatro municípios da Grande São Luís: São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e Alcântara. Os principais atrativos dessa região, em complemento ao restante do estado, são culturais, históricos e religiosos. Sem deixar de lado a natureza e os destinos de sol e praia. O destaque vai para a pesca, a Base Aeroespacial da América Latina, a celebração do Boi Bumbá e a potência do reggae.

Delta das Américas

O terceiro maior delta oceânico do mundo fica no Brasil, entre o Piauí e o Maranhão. O Delta do Parnaíba é um dos destinos mais paradisíacos do país, com as suas paisagens suaves em meio a dunas amareladas e águas tranquilas. O Polo Delta das Américas é composto por quatro municípios: Água Doce do Maranhão, Araioses, Paulino Neves e Tutoia. 

Os outros polos turísticos são Floresta dos Guarás, Amazônia Maranhense, Munim, Cocais, Lagos e Campos Floridos e as Serras Guajajaras, Timbira e Kanela. Cada uma dessas regiões concentram atrações diversas e são muito bem preservadas.


Quando visitar o Maranhão

O clima tropical úmido do Maranhão garante temperaturas altas o ano inteiro. O estado é um ótimo destino para quem quer curtir praia e sol mesmo na baixa temporada. As temperaturas raramente baixam dos 20º no inverno e o mar fica bem quentinho, em torno dos 27º o ano inteiro.

Assim como a maioria dos estados nessa região do Brasil, o que define as estações no Maranhão são as chuvas. A época cheia é no inverno e a seca é no verão. Sabendo disso, fica mais fácil escolher a época do ano ideal para visitar o estado. 

No Maranhão, “inverno” é a temporada de chuvas, que vai de outubro a abril, e “verão” é a temporada seca, que vai de maio a setembro. O estado, como outros do Nordeste, tem o seu jeitinho particular de gerenciar o calendário de acordo com o ciclo das águas. Por isso, tenha atenção à melhor época para fazer os passeios por lá.

Verão no Maranhão

O verão no Maranhão é a temporada seca, ou seja, quando não chove. É a época ideal para quem quer fazer trilhas, curtir cachoeiras e explorar a Chapada das Mesas; vai de maio a setembro. Se você quer ver os lençóis com piscininhas, mas sem pegar chuva, o ideal é ir até lá logo após a temporada cheia, a partir de junho.

Mais um motivo para visitar o Maranhão no verão são as festas populares. Em maio, a cidade de Alcântara tem a tradicional Festa do Divino, que acontece sempre durante 10 dias, entre 40 e 50 dias após a celebração da Páscoa.

As celebrações do São João no Maranhão também são imperdíveis e a festa acontece durante os meses de junho e julho. O Bumba-meu-boi é outra festa linda que acontece na mesma época. 

Alguns destinos do estado são ideais para visitar nessa época do ano e aqui vai a listinha:

  1. Alcântara
  2. Atins
  3. Chapada das Mesas
  4. Delta do Parnaíba
  5. Imperatriz
  6. Lagoas de Santo Amaro
  7. Lençóis
  8. São Luís

Inverno no Maranhão

O inverno do Maranhão é a temporada de chuvas, mas isso não quer dizer que chova todos os dias. O estado garante temperaturas consideradas altas para a estação, nunca menos de 20º, com o mar quentinho a 27º. Por isso, é um bom destino para a baixa temporada. 

Ainda que chova, é possível visitar os Lençóis e a Chapada durante o inverno, quando os rios e lagoas estão mais cheios. Mas atenção: cuidado com as cabeças d’água se você for visitar as cachoeiras nessa época do ano.

As melhores cidades para visitar no inverno maranhense são:

  1. Alcântara
  2. Chapada das Mesas
  3. Lençóis
  4. São Luís

Cidades turísticas do Maranhão

O Maranhão é um estado cheio de surpresas. As ruas da capital guardam segredos arquitetônicos da época colonial, a gastronomia é rica na sua mistura de culturas, o reggae toma as ruas e divide espaço com a tradição popular. 

Listamos as principais cidades turísticas do estado com alguns detalhes do que você vai encontrar em cada uma para te ajudar a montar o seu roteiro pelo Maranhão.

  • Atins

Um dos principais pontos de partida dos passeios para os Lençóis é a cidade de Barreirinhas. Logo ali ao lado está o pacato vilarejo de Atins, a 280 km da capital São Luís. Entre o Rio Preguiça e as praias com suas dunas brancas, Atins é uma vila de pescadores, um local bem mais tranquilo e com menos movimentação turística. Ideal para slow travelers e viajantes que buscam pousadinhas mais tranquilas..

Os principais atrativos de Atins são o Circuito Lagoas do Atins, Canto de Atins, passeios de quadriciclo, praticar kitesurf, cavalgada nas dunas e assistir ao pôr do sol na praia. Para recarregar as energias, nada melhor do que experimentar a culinária local nos restaurantes mais tradicionais da região.

  • Chapada das Mesas

Além dos famosos e incríveis Lençóis Maranhenses, um dos pontos mais visitados do Maranhão é a Chapada das Mesas. A uma distância de 822 km da capital São Luís, uma das portas de entrada para a Chapada é a cidade de Carolina. 

O Parque Nacional da Chapada das Mesas foi instituído recentemente, em 2005. A região é cheia de cachoeiras lindas e trilhas incríveis que contemplam todo o parque. Alguns dos passeios imperdíveis na Chapada são o Portal da Chapada, o Complexo da Pedra Caída, o Complexo Poço Azul + Poço do Encanto e as cachoeiras da Prata e São Romão. Além disso, o pôr do sol no Rio Tocantins é um dos passeios mais surpreendentes.

O principal ponto de partida é a cidade de Carolina e as pousadinhas estão entre as melhores opções de hospedagem por lá.

  • Ilha das Canárias

Dividido entre os estados do Maranhão e do Piauí, o Delta do Parnaíba é um dos pontos altos da Rota das Emoções – roteiro turístico que une os Lençóis Maranhenses, o Delta do Parnaíba e as dunas de Jericoacoara. Apesar de a maioria dos passeios do Delta partirem do Piauí, o lado maranhense também tem os seus segredos.

A Ilha das Canárias, a 442 km da capital São Luís, é um dos destinos favoritos do lado maranhense do Delta. Para chegar até lá, é preciso pegar um barco em Araioses, no Maranhão, ou no Porto dos Tatus, no Piauí. A ilha tem uma boa estrutura, com hotéis e pousadas, passeios de barco e um ambiente propício para quem gosta de viajar devagar.

  • Santo Amaro

Os passeios para os Lençóis Maranhenses partem de várias cidades, uma delas é Santo Amaro. Para além de ponto de partida para os passeios nos Lençóis, Santo Amaro tem as suas lindas lagoas, que são um encanto à parte.

A cidade é pequena e não tem tanta infraestrutura turística como as outras, mas é na simplicidade e nas pousadinhas rústicas que mora o encanto de Santo Amaro, localizada a 242 km da capital maranhense. Para chegar até lá, é preciso um carro 4 x 4 a partir do povoado de Sangue, por conta das dunas. 

Atenção: para quem pretende ir de carro até aos Lençóis, passando por Santo Amaro, o ideal é fazer o traslado com agências, pois somente carros credenciados podem entrar no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

O principal atrativo da cidade são os seus circuitos de lagoas: Circuito Lagoa da Betânia, Circuito Lagoa do Junco, Circuito Lagoa América, Circuito Emendadas, Circuito Lagoa da Andorinha e Circuito Rancharia. Além das lagoas, curtir o pôr do sol no Rio Grande e experimentar os sorvetes da Casa do Picolé Artesanal são os pontos altos do município.

  • São Luís

Conhecida como a Ilha do Amor, a capital do Maranhão é um destino que surpreende nos detalhes. Além da história que pulsa nas ruas, a cultura do reggae é muito forte na cidade, além das tradições populares de São João e a Festa do Divino. Isso sem falar no Bumba-meu-boi e na incrível coleção de azulejaria portuguesa, uma das maiores do Brasil.

Os principais pontos de interesse em São Luís no Centro Histórico e arredores são o Palácio dos Leões, o Museu da Gastronomia, a Catedral de São Luís, a Rua do Giz, o Museu do Reggae, a famosa Rua Portugal e o Mercado das Tulhas. Para quem prefere passar o dia na praia, as opções são inúmeras, com destaque para a Praia de São Marcos, Praia Calhau e Ponta do Espigão.

Nos arredores de São Luís, ainda existem outras cidades com atrativos para todos os tipos de turistas. As dunas de Raposa, as ruínas e a base de lançamento de foguetes de Alcântara, o santuário de São José de Ribamar e as tradições populares de Juçarais do Maracanã são o complemento ideal para a capital maranhense.

A cidade é dividida em regiões e as melhores para se hospedar são Centro Histórico, Ponta D’Areia, Praia do Calhau e Praia de São Marcos.

Pronto para turistar no Maranhão?

Muito além dos Lençóis, o Maranhão é um estado maravilhoso e cheio de cantinhos para serem descobertos. Prato cheio para quem gosta de natureza, história, cultura e gastronomia, o estado tem tradições lindas e muita história para contar.

Agora que você já sabe tudo isso, já pode fazer as malas para conhecer o Maranhão e as suas belezas.