Já falamos por aqui que todo tempo livre é muito bem aproveitado por nós! Nesse feriado, fui com o meu namorado e um casal de amigos conhecer a praia de Itacoatiara, em Niterói.

#Itacoatiaradise, como muitos chamam por aí, virou uma hashtag bem famosinha no Instagram, e não é por menos: cada clique por lá encanta, e nem precisa de filtro!

Além da praia que é boa para surf, há também duas trilhas: o Costão de Itacoatiara e a Pedra do Elefante. Fizemos a trilha do Costão e a recompensa não poderia ter sido melhor!Costão de ItacoatiaraSe você mora no Rio ou em cidades próximas, é bom se programar. Itacoatiara fica há uns 30 minutos do centro de Niterói, é importante contar com mais esse tempinho para chegar até lá. A nossa ideia era ver o pôr do sol lá do alto do Costão, mas, com tanta violência no Rio, acabamos optando por ir mais cedo, e voltar da trilha ainda com o dia claro.

Fica a dica para quem for com um grupo grande, o pôr do sol lá do alto deve ser incrível!Costão do ItacoatiaraComo chegar na trilha do Costão de Itacoatiara:

trilha do Costão fica na Rua das Rosas, número 24, no canto esquerdo da praia. Há um posto de apoio ao visitante, administrado pelo INEA. Para controle deles, é preciso anotar o nome e telefone antes de subir.

A trilha começa com mata fechada, e é bem íngreme a todo momento. Andamos cerca de 15 minutos (subiiindo) e logo chegamos em um pátio, com três bifurcações. Ali, você opta pelas trilhas que vão até a Pedra do Elefante, Enseada do Bananal e Costão. Seguindo a direção da placa, chegamos na parte aberta, onde continuamos a caminhada em um “chapadão”.costãoMuita gente desiste nessa hora, já que é preciso “escalar” em algumas partes. Olhando de baixo, fica ainda mais íngreme, mas não é impossível e dá pra ir tranquilo. A dica é ir com um tênis próprio, com sola boa e confortável!

Andamos mais 15 minutos até chegar no topo da pedra. Durante todo o caminho pudemos observar partes do mar, que se misturavam com as pedras e o verde das árvores e cactos. Uma paisagem liinda que rendeu ótimas fotos!

A trilha do Costão fica na frente da Pedra do Elefante, que é essa pedra bem grande, lembrando um elefante. Vou voltar lá com a Gaia, o visual deve ser ainda mais incrível lá do alto! Se alguém já foi, deixa aqui algumas dicas pra gente 😉Costão do ItacoatiaraChegando no topo do costão, nos surpreendemos com o visual: a praia de itacoatiara com a água transparente, o pão de açucar, o cristo, a pedra da gávea… um visual liiindo para a cidade maravilhosa!Costão de ItacoatiaraFicamos lá em cima apreciando a vista durante algum tempinho, mas descemos para curtir o final de tarde na praia de itacoatiara. Que clima bom! A praia é realmente um pedacinho do paraíso, com areia fininha, água clara e visual lindo para montanhas e mar.

Obs: as fotos de vestido foram para a marca de roupas Lithium. O óculos de madeira espelhado também é da marca! Quem gostou, pode comprar online aqui.
Praia de ItacoatiaraSe você for até lá, não deixe de experimentar o famoso combo sanduíche natural + mate orgânico. Eu comi o de frango desfiado com cenoura, maionese, batata palha e ovo de codorna, e super recomendo! Li no blog Viajadoras que são duas empresas que “lideram”: os azuis e os amarelos. Parece que os azuis se gabam por colocarem 3 ovos de codorna nos sanduíches, ao invés de dois. hahahha! De resto, são bem parecidos, e o preço do sanduíche + mate é R$10,00.Praia de ItacoatiaraO entardecer na praia foi lindo, com direito a pôr do sol atrás da montanha. Os quiosques na beira da praia ainda dão um clima especial, com música ao vivo, DJ e bebidinhas gostosas.

Passamos um dia delícia em Itacoatiara, e, apesar de longe, já quero voltar lá pra curtir mais um pouquinho!Costão do ItacoatiaraINFORMAÇÕES ÚTEIS

– A trilha tem 2km de extensão e você levará em média 30 minutos para ir e 30 minutos para voltar.

– Como já falei ali em cima, o ideal é ir com um tênis próprio para caminhada (aquelas botinhas são perfeitas!) que tenha boa sola e sejam confortáveis.

– Levar água é indispensável! A trilha é curta, mas, por ser muito íngreme, cansa bastante.

– O melhor é ir em grupo, para ficar mais seguro.

– Aproveite o dia todo em Itacoatiara. Recomendo chegar bem cedo para curtir a praia e fazer a trilha do Costão. Outra opção é a Pedra do Elefante.

– Se você não mora perto de Niterói, pode dar uma olhadinha em alguns hotéis e pousadas aqui.

 


OBS: é provável que você encontre links de afiliados nesse post. Portanto, se você utilizou os nossos links para fazer as reservas da sua viagem, muito obrigada! É dessa forma que mantemos o blog ativo e sempre atualizado, pois ganhamos uma pequena comissão gerada através dessas vendas - e você não paga nada a mais por isso!
Quem escreve | @nandahudson
Quem escreve
Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.

27 respostas

      1. Itacoa é demais mesmo, fico contando os dias para chegar o final de semana e ir pra lá. 🙂 Ah, e você falou que não sabe onde leu a informação dos sanduiches azuis e amarelos, será que não foi no Viajadora? Falamos exatamente sobre isso no nosso post de Itacoatiara! Muita coincidência!
        Um Beijão! :*

        1. Oi Mari!

          hahah pode ter sido, conheci seu blog há um tempo atrás! Vou atualizar essa parte colocando o credito pra vcs 😉
          Obrigada por avisar, eu realmente não lembrava onde tinha lido essa info. hahaha

          Beijos

  1. Já subi a Pedra do Elefante, é uma trilha que pode ser feita em 3 horas. Começa no alto da estrada que liga Itaipu com Itaipuaçu. A maior parte do caminho é em mata fechada, no fim a vista compensa demais. O costão fica parecendo uma pedrinha de lá.

    1. A gente quer muito ir na Pedra do Elefante. Mas você acha melhor ir com guia? Por causa da mata fechada e tal.
      Deve ser uma trilha incrível!

  2. Oi Nanda!

    Que bom que gostou da trilha e que recomenda 🙂
    Sobre os sanduíches, sim são duas “empresas” mais conhecidas. Os “amarelos” são a galera do Marcelo Natural e o mate deles é com limão. Os “azuis” são do Sergio e sim, tem um ovinho de codorna a mais no sanduba deles ehehe

    Se vocês ainda pensam em subir a Pedra do Elefante (mais conhecida por aqui como Mourão), deixo um texto sobre a trilha: https://exploreniteroi.wordpress.com/2015/07/31/explore-alto-mourao/ (vocês também podem acompanhar a gente no facebook.com/exploreniteroi, porque temos várias dicas de passeios e trilhas bem legais na cidade). Dá pra ir sem guia, porque a trilha é bem sinalizada, subimos com nossos leitores há 15 dias e foi mega tranquilo. A única diferença pro Costão é que a escalaminhada é mais pesada. Mas nada que precise de cordas nem equipamento de escalada. Dá pra subir numa boa, com calma.

    A vista é incrível e vale super a pena.

    Se quiserem qualquer dica sobre Niterói, me coloco à disposição.
    Beijos

  3. Olá gata, estive no morro do elefante e foi incrível, tenho certeza que irá gostar, a lembrando leve muita agua, bananada e amendoin se possivel, lá é mais complicado de subir pq tem muitas escaladas mais nao é impossivel irá compensar quando chegar no topo é simplismente lindoooo bjs

  4. Adoro a praia de Itacoatiara !! Fui 3x …e na próxima vou subir a trilha!! Já c sdds !! Mto boa a praia e lanches….Bjos

  5. O Mourao (Pedra do Elefante) não é tão dificil fazer!! Se você for de carro até o mirante de itaipuaçu e for de lá para a trilha, deve levar 1 hora para subir!! Tem uma leve escalada, nada d+ !!!
    A Trilha é bem sinalizada , porem tem uma ou duas bifurcações , na duvida é sempre a trilha da esquerda! Só lembrar disso que você chega tranquila!! Ah , e sobre o Costão de Itacoatiara , da para ir ver o por do sol sem medo, até com pouca gente!

    1. Oi Guiga!

      Que legal, obrigada pelas dicas!!! Estamos querendo fazer a Pedra do Elefante muito em breve! =)

      Beijos!

  6. Recomendo que acessem a Pedra do Elefante pela trilha indicada pelo colega acima, e que começa logo no início da descida da estrada para Itaipuaçu. A trilha que começa em Itacoatiara é muito mais íngreme e difícil.

  7. Oi Nanda, gosto muito de subir a pedra do elefante, a trilha não é difícil e esta bem aberta. Em alguns trexos da trilha a descidas e quase no final a uma pequena escalada, nada impossível.

  8. Olá Nanda, realmente está é uma das mais belas trilhas e vistas!!!
    Quero complementar sua matéria dizendo que está trilha faz parte do Parque Estadual da Serra da Tiririca-PESET que como disse é administrado pelo Inea. O horário de abertura é das 8 as 18 h no período de horário de verão.
    Por esta portaria que passou não é permitido a subida para a Pedra do Elefante ou Auto Mourão. A trilha está interditada por apresentar um grande risco aos visitantes.
    A subida para a Pedra do Elefante se dá pela Serrinha de Itaipuacú, é só entrar um trevo antes de Itacoatiara, lá também tem um belo mirante.
    É sempre legal divulgar o contato da Unidade de conservação, neste caso o PESET, para que os visitantes possam tirar suas dúvidas. Telefone da sede de atendimento aos visitantes é 21-2709-9176.
    Obrigado,

  9. Vocês não podem deixar de experimentar o suco betacaroteno que é vendido lá, deixa a pele macia com um lindo bronze e faz bem para o kabelo tbm! Imperdível galerinha

  10. Nada te agradeço pelas dicas, estava em busca de grandes experiências e consegui ter graças ao seu blog, segui todas as suas dicas mas gostaria de ressaltar uma informação que não tinha.
    Para a galera que usa meio de transporte público e mora próximo ao Centro do Rio de Janeiro uma dica boa é pegar o ônibus 707 Itaipu e descer na cabine da policia e ir andando em direção à praia, ao chegar na praia virar a esquerda e seguir reto. Ali já terá pessoas para informar onde se encontra o inicio da trilha. Eu gastei com ida e volta 20 reais da Taquara até o local. Ah e não se esquecendo de levar uma garrafa de 2litros pois uma pequena não dá vazão em um dia ensolarado. Beijinhos e boa trilha à todos!!!!

  11. Ola, gostaria de saber se demora muito para sair do centro do Rio. Quero muito fazer essa trilha mas pelo google aparece um tempo de 3h…
    Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *