Imagine um lugar paradisíaco com praias maravilhosas, onde carros não são permitidos e chinelo é o código de vestimenta oficial. Esse lugar é Ilha Grande (Rio de Janeiro)! E se você quer saber mais sobre a maior ilha do estado do RJ e, assim como nós, está ansioso para curtir uns dias de descanso e muita diversão por lá, esse guia completíssimo vai te ajudar a planejar a sua viagem!

Neste post, compartilharei com vocês as melhores dicas para você programar a sua ida à Ilha Grande. Encontre as respostas para as suas principais dúvidas na hora de tirar esse sonho do papel: onde fica, como chegar, quando ir, onde se hospedar, o que fazer…? Vamos lá?


Ilha Grande, Rio de Janeiro: tudo o que você precisa saber para planejar a sua viagem

Antes de tudo, vou tentar explicar brevemente como funciona essa ilha que não é grande apenas no nome, pois ela possui mais de 193 km², com 30 km de comprimento e 14 km de largura. Ou seja, nem mesmo pense que é possível conhece-la todinha em apenas uma visita. Eu mesma já fui algumas vezes e ainda não consegui conhecer todas as vilas e praias de Ilha Grande.

A ilha é composta por 113 praias, e tem para todos os gostos: das mais agitadas (Abraão) às good vibes (Parnaioca). Há inclusive algumas praias que são proibidas para visitação! São elas as Praias do Leste e do Sul, que fazem parte de uma reserva biológica.

O local mais procurado pelos turistas é a Vila de Abraão, que tem a melhor infraestrutura da ilha, com um píer movimentado, grande variedade de hotéis, restaurantes e barzinhos. Há também diversas opções de passeios saindo desta vila, como o passeio de barco até Dois Rios, Lopes Mendes e Caxadaço, a trilha até o Pico do Papagaio, expedições de mergulho, entre outros.

Há também a possibilidade de ficar mais isolado em meio à natureza e curtir uma Ilha Grande mais simples e sossegada. Este é o caso de Aventureiro e Parnaioca, duas vilas com poucas opções de hospedagem em casas de alvenaria e muitos campings para quem quer ter essa experiência mais roots.

praia parnaioca ilha grande
Parnaioca é uma das praias mais conservadas e bonitas da Ilha Grande! / Foto: @brenomadeira

E como faz para explorar essa variedade de praias? Há trilhas centenárias que interligam todos os cantos da ilha, mas é possível também explorá-la por via marítima em um passeio de barco. Prepare-se para águas convidativas para um mergulho e paisagens da Mata Atlântica de perder o fôlego.

Ainda tem dúvidas se vale a pena viajar para Ilha Grande? Aqui vão alguns motivos para acabar de vez com suas questões:


Por que viajar para Ilha Grande (Rio de Janeiro)?

Um dos destinos de praia mais queridos por turistas cariocas e paulistas (e até pelos gringos que visitam o Brasil!), Ilha Grande oferece opções maravilhosas de passeios em contato com a natureza.

A ilha é também um destino que guarda grandes histórias. Para você ter uma ideia, o lugar já foi rota de tráfico de escravos, já serviu de presídio e foi até invadido por piratas em tempos antigos. Mas não se assuste, tudo isso faz de Ilha Grande um local único para se conhecer!

O local é perfeito para relaxar de frente para a praia, fazer trilhas, mergulhar, passear de barco e ao mesmo tempo curtir noites super animadas nas festas da ilha, que tem uma vida noturna bem famosa.


Onde fica a Ilha Grande (Rio de Janeiro)?

Mas afinal, onde fica a Ilha Grande? Localizada numa belíssima região chamada Costa Verde, mais especificamente no município de Angra dos Reis, ela é considerada a maior ilha do Estado do Rio de Janeiro, sendo a sexta maior ilha marítima do Brasil. A ilha fica a 150km da cidade do Rio de Janeiro e a 400km de São Paulo.

onde fica a ilha grande
A Ilha Grande está localizada numa belíssima região chamada Costa Verde, no litoral do RJ.

Como chegar na Ilha Grande?

Para facilitar o seu planejamento, vamos sugerir aqui as melhores opções de chegada em Ilha Grande. Mas já adianto logo: você não conseguirá chegar na Ilha Grande com seu próprio carro, pois não é permitida a entrada de veículos na ilha (com exceção dos oficiais – caminhão do lixo e polícia).

Portanto, saindo do Rio de Janeiro ou de São Paulo, há duas opções viáveis: carro+barco OU ônibus+barco.

Dito isto, são três opções de locais que oferecem saídas de barco para Ilha Grande são:

  • Mangaratiba: apenas um horário de embarque e apenas para Abraão. A viagem é mais longa!
  • Conceição de Jacareí: viagem mais curta para Abraão, principalmente para quem está saindo do Rio de Janeiro de carro. Há vários horários de embarque ao longo do dia e bons estacionamentos perto do píer de embarque.
  • Angra dos Reis: principal saída para a maioria das vilas de Ilha Grande. Além da Vila do Abraão, há barcos para Provetá, Aventureiro, Bananal, Araçatiba, entre outros. É a opção mais próxima para quem está saindo de São Paulo.

Para mais informações sobre o itinerário e horário dos barcos para Ilha Grande, clique aqui.


De carro

Se você vai ficar hospedado na vila principal da Ilha, a Vila do Abraão, sugiro dirigir até Conceição de Jacareí (aproximadamente 2h de viagem) e deixar o carro estacionado no Estacionamento Marcio Vista Mar. É o mais próximo do píer, onde você vai pegar o Flex Boat para chegar na Ilha. É importante reservar a sua vaga no estacionamento com antecedência, pois fica cheio, principalmente nos finais de semana!

Nós compramos o ingresso para o Flex Boat lá mesmo com o pessoal do estacionamento. Em 2021, o valor é R$180 ida e volta por pessoa, com duração de 20 minutos.

Telefone para contato: (21) 96461-3561 | (21) 98916-9222


De ônibus

Saindo do Rio, a viagem de ônibus até Angra dos Reis leva cerca de 3h e é operada pela viação Costa Verde. Já para quem sai de São Paulo, são 7h de estrada a bordo do Reunidas Paulista. Uma vez em Angra dos Reis, é necessário pegar um ônibus circular que parte a cada 5 minutos até o cais.


Melhor época para visitar a Ilha Grande (Rio de Janeiro)

A alta temporada na Ilha Grande (Rio de Janeiro) é durante o verão, entre os meses de novembro e março. Mas, há grande probabilidade de você encontrar chuva nessa época do ano. A umidade no ar fica altíssima e é realmente difícil de conseguir dias seguidos de sol. Por outro lado, o calor é realmente convidativo para mergulhos diários no mar.

praia dos meros
Em Junho visitamos a Ilha Grande e a água estava super cristalina, mas geladinha! Foto: @brenomadeira

O outono, de abril a junho, é uma época deliciosa para visitar a Ilha Grande! E por que eu digo isso? Temperaturas amenas, dias ensolarados, chuvas menos frequentes e um menor número de turistas. Isso significa preços mais em conta e praias paradisíacas só para você.

Os meses de inverno são mais friozinhos, mas ainda dá para pegar uma praia, enquanto os meses de primavera trazem de volta as chuvas e a umidade do ar.


Quantos dias ficar na Ilha Grande (Rio de Janeiro)

Se você quiser conhecer todos os pontos de Ilha Grande e fazer um passeio turístico completo, o ideal seria ficar ao menos uma semana inteira. Mas se você quiser apenas curtir as praias e não faz questão de passar por todos os pontos interessantes da ilha, um final de semana funciona perfeitamente para você conhecer Ilha Grande.

quanto tempo ficar na ilha grande
Vale a pena ficar ao menos uma semana para conhecer o melhor da Ilha Grande!

Veja também: 5 praias maravilhosas na região da Costa Verde, Rio de Janeiro


Onde ficar na Ilha Grande (Rio de Janeiro)

Ilha Grande é uma ilha com proporções realmente grandes (sem exageros!), portanto é importante escolher sua pousada ou camping com cuidado. Há diversas vilas espalhadas pela  costa da ilha, cada uma com uma característica única. O ideal é que você selecione aquela que estiver mais próxima dos passeios que você pretende fazer.

Aqui vão as principais localidades para você entender qual mais combina com você e, na sequência, nossas sugestões de hotéis e campings em Ilha Grande:

Abraão: a vila mais desenvolvida da ilha. Tem uma ótima infraestrutura de hotéis e restaurantes, além de uma vida noturna agitada e grande oferta de passeios.

Aventureiro: a vila mais afastada da ilha. Ainda é pouco explorada turisticamente, Aventureiro não tem hotéis, apenas casas de pescadores e campings.

Bananal: local bem interessante para mergulho, com algumas poucas pousadas e sinal de celular fraco.

Palmas: o local apresenta pouca infraestrutura de pousadas, sendo camping a forma mais comum de se hospedar em Palmas.

Provetá: é a segunda comunidade mais populosa de Ilha Grande. Há atividade pesqueira intensa, mas o turismo vem se desenvolvendo de uns tempos para cá.


Leia também: Onde ficar em Ilha Grande: 10 pousadas charmosas para se hospedar


Pousadas em Ilha Grande

Se você é daqueles que prefere economizar no quesito acomodação, mas não abre mão do conforto, aqui vão algumas sugestões:


  • Pousada Casablanca

Para quem quer estar muito bem localizado, perto do burburinho dos restaurantes e lojinhas da Vila do Abraão, indicamos a Pousada Casablanca! A construção é bem fofa, os quartos são simples, mas confortáveis.

onde ficar no centro de abraão
Quarto charmoso e confortável na Pousada Casablanca! Foto: divulgação

O café da manhã também é bastante elogiado pelos hóspedes e, a grande vantagem, é estar quase em frente à saída do píer, onde chegam os barcos com turistas. Em alguns passos você já estará dentro da pousada!


  • Pousada Albatroz

Para quem quer economizar, uma boa opção é a Pousada Albatroz, com diárias a partir de R$250 para casais. Os quartos são simples, mas muito arrumadinhos e limpos, além de ter uma ótima avaliação no Booking!

Os quartos são equipados com chuveiro elétrico, ar condicionado e banheiro privativo. Uma ótima opção para quem busca boa localização na Vila do Abrão e claro, economia!


Para quem busca ótimas opções de pousadas na Vila do Abraão, com bom custo x benefícios, indicamos:


  • Pousada Naturalia

A Pousada Naturalia, onde nos hospedamos recentemente (novembro, 2021). Ela fica no canto da Praia do Abraão, de frente para o mar! A localização é perfeita, pois fica perto dos restaurantes mais tranquilos e em apenas 10 minutinhos de caminhada pela praia, você chega no centrinho de Abraão, onde há inúmeros restaurantes, barzinhos, lojinhas e mercados.

pousada naturalia em ilha grande
Quarto super confortável e charmoso que ficamos hospedados na Pousada Naturalia!

Os quartos da Pousada Naturalia são super confortáveis, contam com uma varanda com rede e vista pro mar.

pousada naturalia
Banheiro ótimo do nosso quarto na Pousada Naturalia

O café da manhã também merece destaque: tudo muito caprichado e delicioso! Os pães de queijo, feitos lá mesmo, eram muuito gostosos! Fora o atendimento, que foi nota 10. Indicamos demais essa pousada para quem busca um ótimo custo x benefício em hospedagem na Ilha Grande.

pousada naturalia
Café da manhã delicioso e caprichado na Pousada Naturalia


  • Pousada Rubi

Outra super dica, também muito bem localizada – fora do tumulto e barulho, no canto da praia, pé na areia – é a Pousada Rubi. Ainda não tivemos a oportunidade de nos hospedarmos por lá, mas sempre que passamos na frente, achamos muuito charmosa! Pelas fotos, vemos que o quarto é muito confortável e o café da manhã super completo.

pousada rubi Ilha Grande no Rio de Janeiro
A Pousada Rubi é uma das melhores pousadas pé na areia, bem pertinho do centro de Abraão! Foto: divulgação

Além disso, a Pousada Rubi oferece ofurô para os seus hóspedes. Já imaginou que delícia voltar de um passeio longo e relaxar em um ofurô quentinho? Nos parece uma experiência incrível, vale à pena conferir!


Já para os viajantes que buscam por hospedagens diferentes, com experiências além de um simples quarto para dormir, temos duas excelentes sugestões:


  • Jungle Lodge

Já nos hospedamos no Jungle Lodge e adoramos a experiência de profunda conexão com a natureza. No terreno, há uma casa com alguns quartos que você pode alugar com um grupo de amigos ou em casal. A cozinha e o banheiro são compartilhados.

Mas, o destaque fica por conta da Cabana – uma construção charmosíssima no meio da floresta de Ilha Grande. A cabana não tem paredes e nem vidros – é pra dormir sentindo a brisa boa da ilha, ouvindo pássaros e outros animais como esquilinhos.

jungle lodge na Ilha Grande no Rio de Janeiro
A cabana incrível, no meio da mata, do Jungle Lodge. Foto: @brenomadeira

Para chegar no Jungle Lodge é preciso fazer uma trilha de aproximadamente 20 minutos. Se prepare, pois a subida é um pouco íngreme. O início da trilha fica no canto de Abrão, mesmo sentido de quem vai fazer a trilha para Lopes Mendes.

É uma opção de hospedagem para quem busca experiências diferenciadas e conexão com a natureza. Nós adoramos e indicamos demais!


  • Bonito Paraíso

A Bonito Paraíso é uma das pousadas mais sofisticadas da Ilha! Quartos confortáveis e com decoração charmosa, atendimento diferenciado e muuito bem avaliada no Booking. O hóspedes elogiaram bastante o café da manhã e o lanche da tarde oferecido.

bonito paraíso onde ficar Ilha Grande no Rio de Janeiro
Bonito Paraíso e sua praia particular! Foto: divulgação

A grande vantagem de se hospedar na Bonito Paraíso é ter praticamente uma praia particular! A pousada fica há 2km de Abraão – você pode chegar por trilha ou de barco, que acaba sendo mais prático por conta da bagagem. Uma experiência de conexão com a natureza e calmaria!

bonito paraíso Ilha Grande no Rio de Janeiro
Quarto confortável na Pousada Bonito Paraíso. Foto: divulgação


Camping na llha Grande

Para quem quer viver uma experiência diferente na Ilha Grande, por que não hospedar-se em um camping? Encontramos um site com uma lista de campings disponíveis, vale a pena conferir aqui.

Há também a possibilidade de acampar na Praia do Aventureiro. Nós já tivemos essa experiência e foi realmente incrível! Aproveite para clicar no link e ler o post completo com a nossa experiência!


Leia também: Praia do Aventureiro: tudo sobre acampar em Aventureiro


Casas para se hospedar na Ilha Grande

Que tal alugar uma casa na Ilha Grande, junto com amigos? No post Airbnb Ilha Grande: as 10 casas de temporada mais charmosas listamos alguns achados de casas bem legais para alugar e passar um tempo maior na ilha!


O que fazer na Ilha Grande (Rio de Janeiro)

Um verdadeiro paraíso para quem curte ecoturismo, Ilha Grande tem atividades variadas para todas as idades! Regada a praia e natureza, os principais pontos turísticos da Ilha são voltados para curtir a vida marinha, apreciar belezas naturais, praticar trilhas e relaxar em lugares paradisíacos.

Esteja você planejando uma viagem entre amigos, em casal ou solo, pode ter certeza que tem muita coisa interessante para conhecer por lá. Portanto, aqui vai uma lista de lugares e passeios imperdíveis para te ajudar a planejar a sua viagem:

1. Abraão

Se você escolheu Abraão como sua base em Ilha Grande, pode ter certeza que o agito por ali não acaba quando o sol se põe. À noite, é possível fazer comprinhas nas feiras e lojas artesanais, experimentar os restaurantes charmosinhos da vila e ainda curtir alguma balada para mochileiros que estiver rolando no dia.

Para te ajudar ainda mais na organização da sua viagem, resolvemos selecionar 5 restaurantes que são super recomendados para que você possa experimentar. Assim, quando chegar a hora de escolher onde comer, você já vai ter essas sugestões anotadas para ajudar!

Restaurantes em Abraão

  • Lua e Mar: restaurante estilo “pé na areia” com boas opções de frutos do mar, sendo essa, sua grande especialidade.
  • Las Sorrentinas: especializado em massas, para aqueles que querem fugir um pouco dos frutos do mar, que são característicos dessa região.
  • Café do Mar: lugar perfeito para comer uns petiscos em frente à praia ou almoçar após um dia inteiro curtindo as águas de Ilha Grande.
  • The Secret Gourmet Club: um local intimista com comida mediterrânea e contemporânea. As reservas são feitas por whatsapp e a grande graça é receber pistas de onde fica localizado o restaurante, para combinar bem com o nome do lugar.
  • Ateliê Cafeteria: um lugar charmosinho, pé na areia, com uma vibe bem gostosa! Bons drinks, crepes, sanduíches e pratos completos para jantar!
restaurante em abraão
O restaurante Sorrentinas é uma delícia! Massa caseira e super fresca, vale à pena conhecer!

2. Ruínas do Lazareto

Que tal fazer uma trilha leve e conhecer um pouco da história da ilha? As Ruínas do Lazareto fazem parte do Circuito do Abraão, caminhada de 2 horas que passa também pela Praia Preta, Praia do Galego e pelo Poção.

Onde hoje encontram-se apenas ruínas, no passado encontrava-se um hospital de quarentena para controle sanitário dos imigrantes que chegavam contaminados por alguma doença nos portos brasileiros. O local também foi utilizado como prisão até 1954, quando foi totalmente desativado.


3. Cachoeira da Feiticeira

Para quem não quer viver só de praia em Ilha Grande, há também a opção de tomar um banho delicioso de cachoeira. Dentre as mais visitadas está a  Cachoeira da Feiticeira, que tem uma grande queda d’água e é ótima para mergulho.

Para chegar lá, você precisa fazer uma trilha leve de mais ou menos 1h30min. Logo, é um passeio que mistura aventura e ao mesmo tempo, descanso, já que o lugar é considerado um verdadeiro oásis para relaxar. Vale a pena conhecer!



4. Praia do Aventureiro

A Praia do Aventureiro é um dos principais cartões postais de Ilha Grande, pelo fato de ser o lugar que abriga o famoso “coqueiro deitado”. Sabe aquelas fotos na internet de um coqueiro que parece estar caído, todo torto? Então, essa imagem é de Aventureiro.

Apesar de bem conhecida e visitada, a praia é bastante preservada e mantém os costumes e tradições antigas da vila de pescadores que se situa por lá. Tudo na praia tem um clima meio roots, então é um passeio interessante de se fazer e um lugar muito diferente para conhecer!

praia do aventureiro
A lindíssima Praia do Aventureiro e o seu coqueiro deitado, cartão postal da praia! Foto: @brenomadeira

5. Lagoa Azul

De águas bem azuis e super convidativas para um mergulho, a Lagoa Azul é um pequeno paraíso da região de Ilha Grande! Acessível através de um passeio de escuna, o local é bem servido durante a alta temporada com pequenas embarcações e canoas servindo petiscos, água de coco e bebidas para os visitantes.

lagoa azul Ilha Grande no Rio de Janeiro
A Lagoa Azul, vista do alto, é ainda mais linda! Foto: @brenomadeira

Ah! E para completar seu passeio, saiba que ela está bem próxima de outras praias sensacionais, como Grumixama, Baleia e Freguesia.


6. Praia de Lopes Mendes

Essa é simplesmente considerada a praia mais linda de Ilha Grande e foi eleita várias vezes uma das praias mais lindas do planeta! Acho que depois dessas afirmações não restam dúvidas sobre conhecer ou não Lopes Mendes, não é mesmo? A praia é um verdadeiro paraíso de águas azuis claras e areias finas. Nenhum cenário de Ilha Grande é tão paradisíaco quanto Lopes Mendes.

Você pode ir por conta própria, mas caso deseje, há passeios de barco feitos exclusivamente para esta praia, que é uma das mais requisitadas da ilha.


7. Trilha do Pico do Papagaio

Essa opção de passeio em Ilha Grande é destinada aos mais aventureiros e que estão dispostos a encarar uma trilha de 6 horas para chegar ao topo. O esforço é recompensado por visuais estonteantes, que incluem a Pedra da Gávea (no Rio de Janeiro) e o Dedo de Deus (em Teresópolis)!

Prepare-se para entrar mata adentro, passar por trechos bastante íngremes e vida selvagem pelo caminho! Não se esqueça de ir munido de muita disposição, protetor solar, repelente, água e um bom tênis de trilha!


8. Praia do Caxadaço

Uma das mais belas praias de Ilha Grande (na minha opinião), a Praia do Caxadaço tem apenas 15 metros de extensão e uma água de tom verde esmeralda de perder o fôlego! No passado, ela funcionou como esconderijo de pequenas embarcações, pois ela é abrigada do mar aberto e quem navega pela costa não consegue avistá-la.

Para chegar lá, é preciso pegar um barco de Abraão, Araçatiba ou Aventureiro. Outra opção é fazer a trilha Abraão – Dois Rios e pegar uma saída para Caxadaço.


9. Passeio de barco

Um dos passeios imperdíveis em Ilha Grande é, obviamente, explorar as praias e enseadas a bordo de uma embarcação. Há diversas opções de escunas e lanchas rápidas que oferecem este passeio, com preços variando entre R$80 (passeios compartilhados, normalmente em escuna) e R$200 para passeios de lancha.

passeio de lancha na Ilha Grande no Rio de Janeiro
Vale à pena fazer um passeio privativo de lancha pelas praias lindíssimas da Ilha Grande! Essa é a praia da Baleia. Foto: @brenomadeira

Aqui vão os trajetos mais comuns:

  • Volta na Ilha: inlcui Caxadaço, Parnaioca, Aventureiro e a Praia dos Meros;
  • Meia volta: inclui Lagoa azul, Lagoa verde, Saco do céu e a Praia da Camiranga;
  • Super Sul: Ilha de Jorge grego, Praia Dois Rios, Caxadaço, Lopes Mendes

Difícil escolher um roteiro apenas, não é mesmo? Portanto, separe ao menos dois dias para fazer roteiros diferentes de barco!

Nós indicamos a empresa Lanchas Ilha Grande, conhecida como LIG. Eles organizam ótimos roteiros e você também tem a opção de fazer o passeio privativo, podendo ficar mais flexível com horários. Vale a pena conhecer o Instagram @lanchasilhagrande para mais informações!

Para completar o passeio, vale à pena fazer uma pausa para almoço no Saco do Céu! Tem dois restaurantes por lá onde o acesso é feito somente de barco e são muito gostosos. O Caravelas tem um valor mais em conta, com pratos deliciosos.

restaurante no saco do céu
Restaurante Reis e Magos, no Saco do Céu. Foto: @brenomadeira

Já o Reis e Magos é mais sofisticado, oferecendo pratos mais elaborados, com peixes frescos e insumos da região. Adoramos a experiência que tivemos por lá, o ambiente é lindo e acolhedor!

onde comer na Ilha Grande no Rio de Janeiro
Pedimos um Camarão à Provençal no Reis e Magos, que estava divino!

Caso você queira jantar nesse restaurante, pode combinar com um barco-táxi, saindo de Abraão! É um super passeio para fazer à noite. O restaurante Reis e Magos fica todo iluminado com velas, um charme!


10. Mergulho de batismo

Para fechar com chave de ouro a sua viagem, sugiro fazer um mergulho de batismo em Ilha Grande! Descubra as belezas subaquáticas da região acompanhado de um instrutor que vai saber os melhores spots para encontrar animais marinhos e formações rochosas incríveis.

Para os mergulhadores certificados, é possível mergulhar em alguns naufrágios e lugares surpreendentes, como é o caso da Ilha Jorge Grego. Há ainda a Gruta do Acaia, o Naufrágio Pinguino e o Naufrágio Parnaioca.


Bônus: trekking Ilha Grande

Para os mais aventureiros, é possível fazer um trekking de volta à Ilha com duração de 7 dias e que percorre praias e cachoeiras ao longo do trajeto. Este trekking é considerado de moderado a difícil e a presença do guia é indispensável. A Luísa, do Leve na Viagem contou mais sobre sua experiência de volta à Ilha Grande. Vale a pena conferir seu relato!


Dicas importantes antes de você embarcar para Ilha Grande (Rio de Janeiro)

  • É importante ressaltar que não existem caixas eletrônicos nem bancos em Ilha Grande. A maioria dos estabelecimentos aceita cartão, mas é prudente levar um pouco de dinheiro vivo para não ficar em apuros.
  • Leve um snorkel para observar a vida marinha nas águas de Ilha Grande. Alugar equipamento por lá pode custar caro.

O que levar na mala para Ilha Grande:

1. Chinelo – você praticamente só vai usar isso na viagem!
2. Roupas com proteção UV para caminhadas. Se você não tiver, escolha roupas bem leves e que absorvam o calor;
3. Óculos escuros, boné ou chapéu para as caminhadas nas praias;
4. Protetor solar;
5. Repelente;
6. Camelback ou garrafinha para carregar água;
7. Kit de Mergulho – encontramos um kit super em conta na loja da Decatlhon! Vale à pena ter o seu próprio kit por conta da higiene e também do valor do aluguel, que acaba se pagando rápido, né?
8. Toalha secante – Eu adoro as toalhas de microfibra que são compactas e secam muito bem.
9. Sapatilhas aquáticas – Ótimo acessório para quem caminhas nas pedras ou está praticando snorkelling. Na Decatlhon você encontra um modelo ótimo, fácil de vestir e que não deixa entrar areia dentro. Clique aqui e confira.


Pronto para curtir Ilha Grande (Rio de Janeiro)?

Curtiu todas as sugestões? Com esse guia completo e todas as nossas super dicas de Ilha Grande, a gente espera ter te ajudado a organizar o seu roteiro de viagem. E se ficou qualquer dúvida, pode deixar um comentário que vamos sempre tentar ajudá-los!! =)


Leia também:

Praia do Aventureiro: tudo sobre acampar em Aventureiro

5 praias maravilhosas na região da Costa Verde

Guia completo das melhores praias do Rio de Janeiro

O que fazer em Paraty: 20 passeios imperdíveis


OBS: é provável que você encontre links de afiliados nesse post. Portanto, se você utilizou os nossos links para fazer as reservas da sua viagem, muito obrigada! É dessa forma que mantemos o blog ativo e sempre atualizado, pois ganhamos uma pequena comissão gerada através dessas vendas - e você não paga nada a mais por isso!
Quem escreve | @nandahudson
Quem escreve
Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.

2 respostas

  1. Meninas, dicas incríveis. Obrigada. Vi que falaram sobre barco-táxi. É possível ir a QQ uma das praias por eles ou tem de necessariamente pegar os passeios que pulam de praia em praia? Minha ideia é descansar mesmo. E gostaria de ir um dia pra Lopes Mendes, outro para Aventureiro e um terceiro na Lagoa Azul. Devo ficar lá uns sete dias.

    1. Oi Mônica! É super tranquilo e possível se hospedar em Abraão e pegar um barco táxi para Lopes Mendes ou Lagoa Azul. Para aventureiro é mais difícil por ser mais longe, só de barco maior mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *