Vai desbravar as belezas do Cânion Fortaleza e quer saber tudo sobre o lugar? Então esse post é perfeito para você! Recentemente visitei os Cânions do Sul e adorei cada cantinho da região. Agora vou compartilhar minhas dicas com você para facilitar o planejamento da sua viagem!

Aqui você vai descobrir onde fica, como chegar, melhor época para visitar, o que fazer e muitas outras dúvidas que normalmente os turistas têm sobre o Cânion Fortaleza. Continue sua leitura para conhecer mais sobre esse lugar incrível do Sul do Brasil!

Por que viajar para os Cânions do Sul?

Antes de mais nada, a região dos Cânions do Sul fica entre os Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e abriga algumas das paisagens mais bonitas do nosso país.

Nessa região encontramos os Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral, onde se localizam cânions incríveis, como o Cânion Fortaleza, o Cânion Itaimbezinho e uma série de outros cânions ainda pouco explorados.

Acredita-se que eles se formaram a cerca de 130 milhões de anos atrás a partir de explosões subterrâneas.  O resultado desse evento vemos até hoje e são realmente impressionantes para o nosso tamaninho.

Os paredões rochosos, cobertos ou não com vegetação, criam um cenário de filme. E a maioria deles você pode percorrer tanto pela parte de cima, através de mirantes, quanto pelo interior em trilhas que seguem o leito dos rios.


Procure sempre acertar o passeio com profissionais competentes e que conheçam bem o trajeto para não ter nenhum problema.

A Canyons e Peraus foi a empresa que contratamos para fazer todos os passeios da região de Aparados da Serra, incluindo a trilha no Cânion Fortaleza. Eles oferecem uma série de passeios incríveis pela região, proporcionando momentos inesquecíveis:

 Agendar passeio!


canion fortaleza trilhas
Um destino realmente incrível para amantes da natureza!

Se você gosta de ter contato intenso com a natureza durante suas viagens, os Cânions do Sul são um destino incrível para você. E por falar em natureza, ela foi muito generosa com a região! 

Cânions que parecem se erguer até a altura do céu, natureza exuberante, cachoeiras e trilhas incríveis, assim é a região de Aparados da Serra e da Serra Geral. E se você ainda não conhece, não deixe de colocar esse destino na sua lista de próximas viagens. Você não vai se arrepender!


Onde fica e como chegar no Cânion Fortaleza?

Se você olhar a localização do Cânion Fortaleza no mapa vai ver que ele fica no Parque Nacional da Serra Geral, bem na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

A cidade mais próxima é Cambará do Sul (RS) e se você escolher se hospedar, recomendo conferir nossa seleção das melhores pousadas em Cambará do Sul.

canion fortaleza onde fica
Os principais aeroportos próximos do Cânion Fortaleza são Porto Alegre e Florianópolis

Outra alternativa é buscar hospedagem em Praia Grande (SC). Apesar de ser mais distante deste Cânion, sua localização é super estratégica para conhecer outros pontos turísticos da região e a rede hoteleira é maravilhosa. Por conta disso, essa foi a nossa escolha durante a nossa viagem.


Leia também:

Praia Grande (SC): TOP 15 passeios, cânions, trilhas e cachoeiras


Como é o acesso ao Cânion Fortaleza?

A primeira informação que você precisa ter para planejar sua visita até o Cânion Fortaleza é que os aeroportos mais próximos são Porto Alegre e Florianópolis.

Como mencionamos acima, há duas opções de cidades para usar como base para visitar o local:

  • Cambará do Sul (RS): está a 191km de distância da capital gaúcha e 398km distante da capital catarinense.
  • Praia Grande (SC): está a 220km de POA e 282km de Floripa.

Portanto, nossa dica é que você alugue um carro para fazer essa viagem com mais conforto.

canion fortaleza
O Cânion Fortaleza tem seu acesso a 23 km a partir de Cambará do Sul (RS)

Uma vez na região dos Cânions do Sul, o Cânion Fortaleza (RS) está a mais ou menos 20km de distância de Cambará do Sul (cerca de 25min de carro) e a 55km de distância de Praia Grande (1h40min de carro).

Vale ressaltar que boa parte das estradas são de terra, então é preciso atenção redobrada ao dirigir, pois existem muitas pedras.  Portanto, se você for alugar um carro para esta viagem, dê preferência por modelos mais altos (nada de escolher um modelo tipo Sedan para essa viagem, viu!) para não ter nenhum tipo de problema no seu deslocamento até o parque.

Saindo de Cambará do Sul, siga direto pela rua principal. São 15 Km de asfalto estreito e outros 8km de estrada de terra bem pedregosa até o local onde fica o estacionamento.

O deslocamento de carro até lá pode não ser dos melhores, mas a paisagem do Cânion Fortaleza certamente compensa!

Onde se hospedar na região?

Recomendo ao menos 4 dias na região para que você possa explorar não só o Cânion Fortaleza, mas também o vizinho Itaimbezinho e outros. Aqui vão nossas sugestões de hotéis nas duas cidades próximas ao Parque:


Visitação Cânion Fortaleza

Quando visitar o Cânion Fortaleza?

Ao planejar sua viagem para a região dos Cânions do Sul, a única coisa que você não quer que aconteça de modo algum é não conseguir ver os cânions, não é mesmo? Não é possível prever quando se dará a formação de neblina, mas tenho algumas dicas para facilitar o seu planejamento:

  • Para boa visibilidade, recomendo planejar sua viagem para o inverno. O lado negativo desta época do ano é que faz MUITO frio.
  • Em dias quentes a probabilidade de conseguir ver os cânions é maior de manhã cedo, quando as temperaturas estão mais amenas.
  • Utilize o site Windguru (é só pesquisar no Google: Windguru Cambará do Sul) alguns dias antes do seu passeio para checar o clima no dia que você pretende ir ao Parque. O site pode parecer meio confuso à primeira vista, mas é realmente uma mão na roda para o coração aflito dos viajantes que querem conhecer o visual dos maravilhosos cânions do Rio Grande do Sul.
quando visitar o cânion fortaleza
Na primavera. o tempo pode mudar de repente! Essas fotos foram tiradas com 10 minutos de intervalo.

Cânion Fortaleza: ingresso

Desde 2021 o ICMBio se juntou à iniciativa privada e agora um ingresso é cobrado para a entrada nos parques. Os ingressos são válidos por diária e dão acesso a duas áreas de visitação. Assim, é possível visitar as duas áreas de visitação superiores (Itaimbezinho e Fortaleza), com o mesmo ingresso, desde que a visitação seja realizada no mesmo dia.

Na alta temporada o ingresso fica em R$ 50,00, já na baixa temporada R$35,00.

Horário de funcionamento do Cânion Fortaleza

Administrado pelo ICMBio, o Cânion Fortaleza fica dentro do Parque Nacional da Serra Geral que costuma abrir ao público de 8h às 17h (não abre às terças-feiras, exceto em véspera de feriado). É permitido que os turistas fiquem dentro do parque até uma hora após o fechamento dos portões.

Para obter maiores informações sobre o parque, clique aqui.

Precisa de guia para o Cânion Fortaleza?

As trilhas são a principal atividade no Cânion Fortaleza. Portanto, se você gosta de se aventurar em meio à natureza como a gente, vai adorar o passeio. Não é obrigatória a presença de condutor turístico ou guia na parte de cima (borda), porém a experiência é mais rica quando acompanhada por um guia local.

Nós fomos com a equipe da Canyons e Peraus e valeu super a pena!! Entre em contato com eles via WhatsApp para conferir os detalhes. E se você falar que é leitor do Mala de Aventuras tem 5% de desconto em todos os passeios da região!

 Agendar passeio!

Trilhas do Cânion Fortaleza

1. Trilha do Mirante

A Trilha do Mirante é a principal do parque e é a mais visitada. Ela permite uma visão ampla do Cânion Fortaleza e proporciona uma visão de 70% de sua grandeza.

Se você der sorte de fazer sua visita em um dia sem nebulosidade, conseguirá ver de longe a cidade de Torres, já na divisa com Santa Catarina! Eu cheguei no mirante com o dia lindo e ensolarado. Contudo, em menos de 15 minutos, as nuvens tomaram conta de todo o local.

como chegar no canion fortaleza
A Trilha do Mirante é a mais visitada do Cânion Fortaleza

A visita até a borda do cânion dura por volta de 2 horas entre ida e volta e ao longo do caminho você passa por cenários de tirar o fôlego. É uma trilha leve e que pode ser feita por todas as idades! 

2. Trilha da Pedra do Segredo 

Outra trilha para fazer no Parque Nacional da Serra Geral é a Trilha da Pedra do Segredo. Ela tem cerca de 3,5km de extensão (ida e volta), passando por outros pontos lindos, como a Cachoeira do Tigre Preto.

A trilha é praticamente toda plana e a primeira parte leva até a parte de cima da Cachoeira do Tigre Preto, que tem uma queda de 250m de altitude se divide em 3 quedas. Sem dúvida, essa cachoeira é um dos cartões postais do cânion.

Seguindo por mais 500m você já irá avistar a Pedra do Segredo. Seu nome é devido ao curioso equilíbrio que esse monolítico gigante com 5m de altura e 30 toneladas possui.

Todos que visitam a Pedra do Segredo se perguntam como é possível aquela pedra ficar de pé se apoiando em uma base de apenas 50cm.

3. Trilha da Cachoeira do Tigre Preto

Para os mais aventureiros, é possível chegar até a base da Cachoeira do Tigre Preto. São 8.200m de caminhada pelo interior do Cânion Fortaleza em uma trilha considerada de dificuldade de média a alta. Ou seja, ela exige bom condicionamento físico, e não é para qualquer um.

Cachoeira do Tigre Preto, Parque Nacional da Serra Geral
Cachoeira do Tigre Preto, um dos principais atrativos do Parque Nacional da Serra Geral

Diferentemente das outras trilhas descritas acima, essa trilha começa na comunidade de Tigre Preto, no município de Jacinto Machado (SC). A distância do Centro da cidade até o início da trilha é de 18km por estrada de chão batido. E para percorrer os mais de 8km de trilha, é obrigatório o acompanhamento de guia.

4. Trilha Borda Sul do Cânion Fortaleza

A Trilha da Borda Sul interliga o Mirante à Pedra do Segredo. São 14 km de caminhada percorrendo toda a borda do cânion. Do Mirante é possível se ter uma visão de quase 80% do Cânion Fortaleza. Em dias bem claros é possível até avistar o mar! Recomendamos a companhia de um guia local experiente para que sua experiência seja ainda mais proveitosa.

Nós utilizamos os serviços da agência de turismo receptivo Canyons e Peraus, que foi fantástico. Para mais informações é só fazer contato com eles!

 Agendar passeio!


Dúvidas frequentes sobre o Cânion Fortaleza

Sem dúvida, os Cânions do Sul são um destino incrível. Contudo, muitas pessoas que decidem programar uma viagem para lá acabam tendo uma série de dúvidas e vem nos perguntar.

Assim sendo, reunimos aqui as dúvidas mais frequentes que nossos leitores costumam ter e respondemos todas elas aqui:

Qual cânion é mais bonito: Fortaleza ou Itaimbezinho?

Logo de cara já temos uma pergunta bastante feita e muito difícil de se responder. Na verdade, acho difícil eleger um cânion mais bonito, pois tanto o Fortaleza quanto o Itaimbezinho possuem características muito únicas.

O Cânion Itaimbezinho tem cerca de 5km de extensão e a distância entre os paredões variam entre 200 e 600m. Por ser mais próximo de Cambará do Sul e possuir trilhas mais acessíveis, ele acaba sendo mais visitado que o Fortaleza.

Canion Itaimbezinho
Cânion Itaimbezinho: uma bela obra da natureza!

Por outro lado, você percebe que o Cânion Fortaleza nas fotos parece ser mais grandioso. Ele é um pouco mais longe de Cambará e suas trilhas são um pouco mais longas. Com isso, ele não é tão explorado ainda pelos visitantes. Mas a maioria das pessoas que visitam ambos os cânions dizem que o Fortaleza é mais bonito.

Eu diria que ambos são incríveis e, se você tiver a oportunidade de conhecer os dois, vá, pois os cenários não são nem um pouco iguais e você vai adorar a experiência em todos eles.

Cânion Fortaleza e Itaimbezinho no mesmo dia?

Por estarem próximos de outros destinos consagrados do Rio Grande do Sul, como Gramado e Canela, muitas pessoas nos perguntam se é possível conhecer o Cânion Fortaleza e Itaimbezinho no mesmo dia.

Embora seja possível sim conhecer ambos em uma mesma viagem bate e volta, eu particularmente não recomendo. Existem diversas trilhas para percorrer nos dois cânions, algumas com até 6km de extensão.

Assim sendo, para sua viagem não ficar muito corrida e você não aproveitar tudo que a região tem a oferecer, sugiro passar ao menos quatro dias em Cambará (ou Praia Grande) para conhecer um cânion em cada dia.

parque aparados da serra geral
Recomendo ao menos quatro dias na região dos Cânions

Além disso, há outras atividades incríveis na região que merecem uns diazinhos a mais no seu roteiro. Há passeio de balão, cavalgada e outros cânions para explorar, como o Churriado e o Índios Coroados. Isso sem falar na rede hoteleira, que guarda alguns tesouros, como o Parador da Montanha.

Qual é a altura do Cânion Fortaleza?

A origem do nome do Cânion Fortaleza é porque seus paredões rochosos lembram os antigos muros das fortalezas medievais. De fato, os paredões de pedra impressionam, eles podem atingir incríveis 1157m.

Outra curiosidade é que o vão entre os dois paredões chegam a ter 2km de distância, enquanto o vão do Cânion Itaimbezinho é bem menor. Ah! e do ponto mais alto do cânion você avista ao longe o litoral de Santa Catarina! Incrível, né?

Qual é a distância do Cânion Fortaleza?

Talvez a pergunta seja qual é a extensão do Cânion Fortaleza, certo pessoal?  Ao todo o Cânion Fortaleza tem cerca de 7,5 Km de extensão. O Cânion Fortaleza fica a 1h20 de Praia Grande e a uns 20 minutos de Cambará do Sul

Quais equipamentos preciso para visitar o Cânion Fortaleza?

Aconselhamos usar calçados indicados para trilha e roupas apropriadas para a atividade, além de portar água, boné, filtro solar, repelente, capa de chuva e agasalho (a temperatura pode variar ao longo do dia). Você também pode levar lanches leves, como sanduíches, frutas, barras de cereais.

Para te ajudar, preparei um checklist,  para você conferir quais materiais você já tem e quais vai precisar comprar. Veja só:

  • Botas ou tênis de trekking
  • Mochila de ataque
  • Meias confortáveis e macias
  • Blusa de manga comprida com proteção UV
  • Calça confortável
  • Jaqueta de chuva
  • Roupa de banho (por debaixo da sua roupa normal)
  • Protetor Solar
  • Toalha seca rápido
  • Câmera para registrar os momentos
  • Capa de Chuva
  • Água (pois a hidratação é muito importante)
  • Lanchinhos (de preferência coisas que não sujem as mãos e sejam fáceis de pegar, como por exemplo algumas castanhas ou biscoitos)

Com esses itens eu tenho certeza de que sua trilha será um sucesso! E se ainda falta algum equipamento na sua bagagem, recomendo checar o site da Columbia. A gente é fã da linha de roupas e calçados deles! Cada item é confeccionado com base no conforto e na durabilidade para aventuras ao ar livre. Tenho alguns equipamentos da marca há anos e eles são realmente muito bons!

E a gente é tão fã da marca que conseguimos um cupom de 10% de desconto para vocês usarem no site deles: MALADEAVENTURAS. Clique para conferir a linha completa da Columbia.Vai por mim, esse descontinho é mara na hora de fazer uma compra no site, já que os produtos não são exatamente baratos. Mas vale a pena investir em equipamentos bons, porque eles vão te acompanhar por muitos anos! 

Precisa pagar para visitar o Cânion Fortaleza?

Sim, desde 2021 o ICMBio se juntou com a  iniciativa privada para a administração e preservação do Parque Nacional da Serra Geral. Portanto agora é cobrado um ingresso. Lembrando que a presença de um guia local é recomendada, porém não é obrigatória. 

canion fortaleza serra geral
A grandiosidade do Cânion Fortaleza é impressionante! Seus paredões podem atingir até 1.157m.

Cânion Fortaleza: roteiro

Preparamos um roteiro de 4 dias pra você fazer com calma as principais trilhas do Cânion Fortaleza e, quem sabe, também aproveitar os  passeios incríveis por toda a região O passeio de balão é im-per-dí-vel!!! Tem também cavalgadas ao amanhecer, passeio de 4×4 com picnic… Você vai ver como vale a pena reservar alguns dias para aproveitar a região!

Dia 1 – Trilha da Borda Sul – Tempo previsto para percorrer a trilha: 3 horas. Separamos o primeiro dia para a trilha mais extensa. Ela tem um percurso de 9 Km e vai margeando o cânion Fortaleza. Apesar da trilha ser plana, exige preparo físico.

Dia 2 – O passeio de Balão é imperdível. Você vai precisar madrugar, mas garanto que é super válido. Aproveite o restante do dia para descansar e curtir a sua pousada.

Dia 3 – Passeio 4×4 com picnic + Trilha do Mirante – A Trilha tem 3,5 km de extensão em uma leve subida, uma trilha rápida. Tempo previsto para percorrer a trilha: 1 hora

Dia 4 – Reserve seu último dia todo para conhecer o Cânion Itaimbezinho. Ele fica mais afastado de Cambará do Sul, mais próximo de Praia Grande SC. As trilhas do Cânion Itaimbezinho também são imperdíveis!


Observações: Acompanhamento de guia é sugerido para que você aproveite tranquilo todos os passeios, mas não é obrigatório. Nós ficamos super satisfeitos com a Canyons e Peraus, você pode se informar com eles por WhatsApp. Tenho certeza de que você vai adorar!

 Agendar passeio!


Conseguimos tirar suas dúvidas sobre o Cânion Fortaleza?

Sem dúvida o Cânion Fortaleza (RS) é incrível, né? Percorrer as trilhas e observar o quanto a natureza é perfeita é uma experiência única! Se você ainda tem alguma dúvida sobre os parques e sobre o destino, é só deixar seu comentário aqui embaixo que teremos o maior prazer em te ajudar.

E não esqueça de nos contar depois como foi sua experiência conhecendo o destino. Boa viagem!


Continue o planejamento da sua viagem pela região Sul do país:

Pontos turísticos de Santa Catarina: 20 lugares imperdíveis para conhecer em SC

Roteiro Santa Catarina: opções para 5, 7 e 10 dias de viagem

Bento Gonçalves (RS): Dicas para programar sua viagem para o Vale dos Vinhedos


OBS: é provável que você encontre links de afiliados nesse post. Portanto, se você utilizou os nossos links para fazer as reservas da sua viagem, muito obrigada! É dessa forma que mantemos o blog ativo e sempre atualizado, pois ganhamos uma pequena comissão gerada através dessas vendas - e você não paga nada a mais por isso!
Quem escreve | @gaiavani
Quem escreve
Fotógrafa, viajante de carteirinha e empreendedora digital, a editora do Mala de Aventuras vive a vida intensamente, aproveitando cada horinha do seu dia para transformar o mundo através das viagens.

1 resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *