O Rio é uma dessas cidades cheias de vida, onde acontece de tudo um pouco, que necessita de alguns dias, meses ou anos, para ser desvendado por completo. E a melhor maneira de conhecer uma cidade é explorando-a de diversos ângulos, buscando o que há de melhor em suas ruas, montanhas, praias e cultura.

Apesar dos altos preços do mercado imobiliário e restaurantes, é possível encontrar uma diversidade de atividades baratas ou sem custo nenhum na cidade maravilhosa.

Portanto, se você veio passar férias no Rio, está numa viagem de negócios ou é carioca, essa lista é para você pegar umas dicas e curtir a cidade em sua essência! Vamos conferir?

#1 Roda de Samba da Pedra do Sal

PEDRA DO SAL

Samba vai super bem com uma cervejinha ao ar livre e disso o Rio entende. São várias rodas de samba que rolam na cidade, é só descobrir qual é a boa do dia.

Nossa preferida é a Pedra do Sal, que acontece nas segundas e sextas-feiras das 20h à 00h. Tem também o Samba do Ouvidor, no Centro da cidade duas vezes por mês, aos sábados, no cair da tarde. E todo dia é dia no Bar Bip Bip em Copabacana. Próximo ao metrô Cantagalo, se você chegar lá às 19h, encontrará sempre música boa e a galera em pé curtindo o som na calçada em frente ao pequeno boteco.

E claro, a Lapa é todo dia. Nas sextas e sábados o movimento é maior, as ruas quase fecham de tanta gente. Aqui e ali encontra-se uma roda de samba, cerveja é com os ambulantes das ruas e a alegria está por todo o lugar.

Todos os lugares são gratuitos e a cerveja é por sua conta.

#2 Visitar o Maracanã

MARACANA

Que tal uma visita ao estádio mais famoso do Brasil? Você tem a opção de fazer um tour, que leva cerca de 1h, ou ir assitir a um jogo e ter uma experiência única de vibrar na arquibancada com outras +70 mil pessoas.

Informações:

Visitação: de Segunda a Domingo, das 9h às 17h. São diversas opções de ingressos que variam de R$12 a R$60, confira aqui a melhor opção para você. Para comprar seu ingresso, visite o site oficial. E para ficar por dentro dos jogos que vão rolar basta acessar o site  www.maracana.com

#3 Assistir ao amanhecer na Pedra Bonita e outras trilhas

pedra bonita

Localizada entre as montanhas e o mar, a cidade possui excelentes opções de atividades ao ar livre. São inúmeras as trilhas que te levam para ver a cidade maravilhosa aos seus pés, o mar brilhando lá embaixo, o Cristo Redentor imponente. A cidade sempre tão viva e enérgica se torna inofensiva e tranquila.

O nascer do sol visto da Pedra Bonita não tem preço (e não tem mesmo! rs). A trilha é leve, são apenas 20min de caminhada partindo do estacionamento do Parque da Pedra Bonita. Veja aqui fotos e mais informações sobre como chegar.

Já exploramos também algumas outras trilhas do Rio e publicamos na nossa série “Mala de Aventuras Explora”, confira: Pedra da GáveaMorro da Urca e Praias Selvagens.

#4 Passeio de bike na orla

BARRA

O Rio é uma das cidades mais “amiga dos ciclistas” do mundo. As ciclovias acompanham a orla da Zona Sul até o Recreio dos Bandeirantes e são bastante convidativas para um passeio pela manhã ou no final da tarde, quando o sol já está mais baixo.

Para facilitar sua pedalada pela orla, a cidade está equipada com diversos pontos de aluguel de bike num esquema de parceria da Prefeitura do Rio com o Itau. É baratinho, custa R$5,00 o dia. Veja mais no site da BikeRio.

Nossos pontos preferidos para pedalar são a Lagoa Rodrigo de Freitas, a Praia de Ipanema e a Praia da Barra, todos equipados com o sistema BikeRio!

#5 Visita à Ilha de Paquetá

paqueta

Saindo da Praça XV, você leva pouco mais de uma hora até chegar nessa pequena ilha tão presente na história brasileira. O passeio de barca em si já vale a pena, mas ao chegar lá você encontrará diversos atrativos, como prédios e monumentos históricos, praias e trilhas. Longe da muvuca da cidade e completamente isenta de carros, o Ilha de Paquetá é uma excelente opção para um dia de descanso e tranquilidade.

Como chegar: Pegue um ônibus até o centro da cidade e dirija-se à Praça XV, lá você encontrará a estação das barcas, que é onde você irá embarcar para chegar na ilha. Veja aqui os horários e outras informações.

O valor da viagem é de apenas R$4,80 cada trecho.

Encontre dicas dos passeios no site oficial da ilha.

#6 Passeio pela Lapa e Santa Teresa

santa

A Lapa é a boemia do Rio.  A dica é ir sem roteiro e explorar as ruas do bairro. Só não se esqueça de colocar na lista os famosos Arcos da Lapa e a Escadaria Selaron, famosa obra do artista chileno Jorge Selaron.

A seguir, você pode pegar o bonde para Santa Tereza e explorar o bairro famoso por seus pequenos ateliês de arte, pelas feijoadas de sábado e pelos simpáticos barzinhos que ocupam suas ruas. Vale a pena visitar o Parque das Ruínas e o Museu Chácara do Céu.

O cenário noturno mais movimentado do Rio é lá e a noite o ambiente se transforma em ruas bastante movimentadas, muita música e badalação. Você encontrará uma diversidade de opções de barzinhos, boates e casas de shows, dentre elas as nossas preferidas: Rio Scenarium, Fundição Progresso e Circo Voador.

Vale ressaltar que o bonde encontra-se inativo devido a obras, mas deve voltar ainda em 2015.

#7 Feira de São Cristóvão

feira de sao cristovao

Experiência bastante cultural, na Feira de São Cristóvão, também conhecida como “Feira dos Paraíbas”, você encontrará uma bela diversidade cultural vinda do nordeste brasileiro. Comidas deliciosas, cachacinhas das boas, forró e outros ritmos da região, além de uma variedade de produtos típicos.

Você ainda terá a oportunidade de mostrar seus dons artísticos em um dos vários bares de karaokê do local. Diversão garantida e barata.

Como chegar: Localizada bem próxima ao centro da cidade, é possível chegar lá com apenas um ônibus ou metrô, confira aqui a melhor opção de linhas para você.

A entrada custa R$3,00 em dias sem agendas de shows e o ideal é ir nos finais de semana.  Confira aqui mais informações sobre a feira e o que encontrar por lá.

#8 Piquenique no Parque Lage ou no Jardim Botânico

parque lage

O que acha de um piquenique no parque? O Parque Lage e o Jardim Botânico são meus preferidos para a atividade. Atividade simples e barata, é só estender a toalha, levar algumas frutas e sanduíches e chamar os amigos.

Histórico, o Jardim Botânico surgiu com a vinda da Corte Portuguesa para o Brasil em 1808, lá você encontrará história e uma coleção maravilhosa de bromélias, orquídeas e outras espécies de plantas.

Quanto ao Parque Lage, além do jardim agradável, há uma galeria de arte e um café delicioso. Lá funciona a Escola de Artes Visuais, com vários cursos de arte gratuitos. Confira aqui a agenda cultural.

Informações:

A entrada no Jardim Botânico custa R$7,00 e o parque está aberto diariamente das 8h às 17h. Quanto ao Parque Lage, a entrada é gratuita e o horário de funcionamento é também das 8h às 17h. Mais informações: www.jbrj.gov.brwww.eavparquelage.rj.gov.br

#9 Passeio pelo centro histórico do Rio

THEATRO

Cidade histórica, viva e criativa, o Rio possui uma diversidade de atrativos no centro da cidade. São muitas opções de museus, prédios históricos e igrejas do século XIX para um dia chuvoso ou mais tranquilo.

Não deixe de incluir no seu roteiro a Igreja Nossa Senhora da Candelária, a Rua do Ouvidor, o Arco do Telles, a Travessa do Comércio, o Teatro Municipal, a Praça XV e o Cine Odeon.

Quanto aos museus, o Mala de Aventuras indica o CCBB, MAR, MAM, Caixa Cultural e o CCC, todos no centro da cidade, e alguns outros mais afastados, mas que valem a visita: Casa Daros (Botafogo), Instituto Moreira Salles (Gávea) e o MAC (Niterói).

Dicas: Fique atento ao horário de funcionamento de cada um dos museus para não correr o risco de chegar lá e dar de cara na porta.

Como chegar: Pegue o metrô até a Estação Cinelândia e perca-se pelas ruazinhas do centro da cidade. Veja aqui um mapa para guiar seu passeio.

#10 Pegar sol na Praia do Joá e outras praias cariocas

PRAIAS SELVAGENS

É claro que não podiam faltar na lista as praias da cidade maravilhosa. Além de nomes mundialmente famosos, como Ipanema e Copacabana, há algumas menos populares e que valem muito a pena a visita, são elas:

Praia do Joá, um lugar que está fazendo sucesso no verão carioca. Se visitado durante a semana, você encontrará uma praia quase deserta e deliciosamente refrescante. De cor azul turqueza, tome cuidado com as marés da praia, pois às vezes ela some, com a água tomando toda a praia. Veja fotos e como chegar aqui.

Secreto foi um spot descoberto recentemente e já virou sensação no Rio. A gente foi lá explorar a praia “secreta”e ficamos apaixonadas pela piscina natural que as pedras criaram próximo a Praia da Macumba. Confira mais informações aqui.

As Praias Selvagens são um verdadeiro paraíso escondido da multidão do Rio. De difícil acesso, você precisará chegar à distante Barra de Guaratiba e de lá fazer uma trilha de aproximadamente 1h para chegar no conjunto de 4 praias da reserva ambiental. Confira nossa aventura pelas Praias Selvagens e dicas aqui.

A Prainha, localizada após o Recreio dos Bandeirantes, é o paraíso dos surfistas. Dependendo da época do ano, se você não chegar ao amanhecer, dificilmente encontrará vaga para estacionar. A cor da água? Aquele tom azulado que faz com que você se sinta no paraíso.

Todas as praias citadas acima são acessíveis de carro, mas é possível também ir de ônibus se você tiver disposição, pois se localizam bem longe do centro da cidade e nem sempre o transporte é direto. Se vale a pena o deslocamento? Muito!

#11 Jogar frescobol na Praia de Copacabana

IPANEMA

Talvez esse seja um fato desconhecido por muitos brasileiros, mas o Frescobol foi inventado ali nas areias de Copacabana no século XX. Tipicamente praiano, o esporte não tem intenção de competição, apenas cooperação e amizade entre os jogadores.

Essa é uma opção sempre citada pelos gringos quando questionados sobre o que eles gostam do Rio. É exatamente essa energia encontrada nas praias que eles adoram: pessoas jogando partidas de futebol de areia, treinos de volei de praia ou o famoso altinho de Ipanema no cair da tarde. O que você precisa é uma bola e juntar uns amigos, ou fazer novos amigos, por que não?

#12 Mergulho na Cachoeira do Horto

CACHOEIRA DO HORTO

As cachoeiras são refúgios da natureza nessa cidade agitada e, por vezes, caótica. Algumas delas são de fácil acesso e basta uma pequena trilha para visitá-las, são elas a Cachoeira do Horto e a Cachoeira dos Primatas, ambas no Jardim Botânico.

Se você quiser ir um pouco mais longe, é possível encontrar boas quedas d’água no Parque da Tijuca, como a Cachoeira das Almas e a Cascata Diamantina, e no Parque Estadual da Pedra Branca, entre elas a Cachoeira do Camorim  e o Rio da Prata.

Tem outras dicas pra acrescentar? Compartilhe com a gente nos comentários. Elas são super bem vindas!


OBS: é provável que você encontre links de afiliados nesse post. Portanto, se você utilizou os nossos links para fazer as reservas da sua viagem, muito obrigada! É dessa forma que mantemos o blog ativo e sempre atualizado, pois ganhamos uma pequena comissão gerada através dessas vendas - e você não paga nada a mais por isso!
Quem escreve | @gaiavani
Quem escreve
Fotógrafa, viajante de carteirinha e empreendedora digital, a editora do Mala de Aventuras vive a vida intensamente, aproveitando cada horinha do seu dia para transformar o mundo através das viagens.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *