Uma das coisas mais legais de viajar é poder viver experiências diferentes pelo mundo. Aliás, esse é sempre o nosso objetivo durante as viagens: pesquisar passeios fora da rota turística, ir a restaurantes frequentados por locais, aprender mais sobre a cultura, conversar com as pessoas… Então, se você quer saber o que fazer na Toscana, com dicas das melhores experiências, você está no post certo!

Já pensou se você pudesse ter uma aula de culinária com uma chef italiana e ainda conhecer uma vinícola super charmosa e familiar no meio daquelas paisagens lindas? Se perder nas ruelas de cidades construídas com pedras? Experimentar o sorvete que já foi eleito o melhor do mundo?

Essas foram algumas das experiências mais legais que eu vivi na Toscana, e nesse post vou compartilhar tudo com vocês. Já prepara o papel e a caneta ou salva esse post nos favoritos – espero que te ajude a montar o seu roteiro pela Toscana e que você se apaixone tanto quanto eu!

o que fazer em firenze
A imponente Duomo vista da Piazzale Michelangelo, em Florença.

Roteiro na Toscana: vale a pena?

A Toscana é uma região no centro da Itália, conhecida pelas suas cidades pacatas, paisagem rural e estradas perfeitas para uma roadtrip. São muuuitas cidadeszinhas para conhecer ao longo do caminho. As principais e mais turísticas são:

  • Florença
  • Chianti
  • Lucca
  • Pisa
  • Siena
  • San Gimignano
  • Montalcino.

Se você está planejando um roteiro na Toscana, eu posso te dizer que vale MUITO a pena! Ah, e eu sugiro ao menos 5 dias para explorar com calma todas as cidades e se apaixonar pelos ótimos restaurantes, vinícolas e construções históricas.

Você pode escolher uma das cidades para fazer de base e ir fazendo bate e volta até as outras. Florença e Siena são duas ótimas opções para se hospedar, mas, se preferir, você também pode dormir uma noite em cada cidade e seguir viagem no dia seguinte.


Veja aqui como foi o meu roteiro de 7 dias na Itália


12 passeios imperdíveis para fazer na Toscana

Abaixo, selecionei os passeios pela Toscana que são incríveis e eu tive a oportunidade de fazer. Alguns são turísticos e outros experiências imperdíveis que eu vivi por lá. A ideia é te inspirar para fazer um roteiro parecido! A Itália é apaixonante e as cidades que conhecemos, um charme. Veja abaixo:

01. Ver o visual da Piazzale Michelangelo

A Piazzale Michelangelo é um dos pontos turísticos de Florença super famosos, e, chegando lá, conseguimos entender o porquê: uma vista panorâmica da cidade!

Lá de cima, conseguimos ver vários pontos turísticos, como a Catedral Santa Maria del Fiore, o Palazzo Vecchio e a imponente Duomo.

o que fazer na toscana florença
Visual lindo da Piazzale Michelangelo, em Florença!

Há também a estátua David, uma das réplicas esculpidas originalmente por Michelangelo, que dá nome à praça. Por isso, não deixe de incluir esse local na sua lista de o que ver na Toscana. A cidade de Florença é apaixonante e praticamente um museu a céu aberto.

É possível chegar à Piazzale Michelângelo de carro, ônibus ou a pé. O jeito mais tranquilo (e sem esforço) é de carro/ônibus, seguindo pela Viale Michelangelo. Se optar pelo transporte público, pegue os ônibus de número 12 ou 13 na Estação de Trem Santa Maria Novella.

Para quem gosta de viver experiências memoráveis, recomendo o passeio de bicicleta elétrica até a Piazzale Michelangelo. Esse é um dos passeios na Toscana que são super diferentes e que, no final, você fica com gostinho de quero mais, sabe?

reserva getyourguide


02. Experimentar o delicioso sanduíche do All’Antico Vinaio em Florença

É sério: esse sanduíche é maravilhoso! Alguns amigos me indicaram, falando que é imperdível e quase uma atração turística comer o sanduíche da All’Antico Vinaio e eu, curiosa que sou, fui até lá e adorei. Agora, passo a dica pra vocês!

Não deixe de incluir essa sanduicheria no seu roteiro Toscana. Eles começaram com uma portinha pequena na Via dei Neri, perto do centrinho principal de Florença, e hoje já são mais de 3 lojas na mesma rua!

o que fazer na Toscana comida
O incrível sanduíche do All’Antico Vinaio!

O esquema é o seguinte: os sanduíches custam entre 7 e 11 euros. Você escolhe o seu preferido, eles montam na hora e pronto. O sanduíche é tão grande e caprichado que foi o nosso café da manhã e almoço. Tivemos que guardar em um saquinho pra comer depois!

O meu preferido foi o de queijo peccorino, presunto parma e creme de trufa. Muito gostoso e por um ótimo custo benefício!!


03. Assistir o pôr do sol de uma das pontes de Florença

Florença é uma cidade apaixonante em qualquer horário, mas, no pôr do sol, tudo fica mais lindo e especial.

Nos falaram que é muito lindo ver o sol se pondo da Piazzale Michelangelo, que fica no alto da cidade e você tem um visual super bonito da cidade, mas, como já havíamos ido na praça e tínhamos pouco tempo, fomos assistir o sol se pôr de uma das pontes. A mais famosa delas é a Ponte Vecchio, mas ela fica tão cheia de turistas, que escolhemos uma outra qualquer.

o que fazer toscana pôr do sol
O belíssimo pôr do sol que vimos em Florença!

O visual é realmente lindo: o céu vai mudando de cor e refletindo nas águas no rio. Não deixe de parar o que estiver fazendo para apreciar esse momento delicioso!

Você pode optar também por fazer uma degustação de vinhos no pôr do sol que acontece no bairro Oltrarno. Esse passeio com certeza vai deixar o seu tour na Toscana ainda mais especial.

reserva getyourguide


04. Aula de Culinária com Chef Italiana

Quando estive na Toscana (Itália), tive a oportunidade de fazer uma aula de culinária com a chef italiana Bárbara, na casa dela mesmo!

Ela mora em Montefioralle, um lugar super charmoso que antigamente era um castelo. Essa vila fica em Chianti, uma das regiões mais famosas da Toscana, que fica a 1h de Florença.

A Barbara nos recebeu super bem. Nossa comunicação era em inglês o tempo todo e tranquilo. Ela é muito paciente e repetia tudo se a gente não entendesse.

food trip app toscana
Alguns pratos e momentos da nossa aula de culinária!

Fizemos 5 receitas com ela: Duas massas, uma foccacia, uma saladinha e um tiramisú. Ela nos deu as receitas impressas e foi explicando várias técnicas enquanto preparávamos.

Quando terminamos, a mesa já estava preparada e comemos muito, com um bom vinho, claro. Foi muito incrível viver essa experiência, dentro da casa de uma italiana, aprendendo como preparar a comida local e alguns segredinhos da culinária italiana.

Esse passeio, eu fiz pelo app FoodTrip que, infelizmente, não existe mais. Ainda assim, essa experiência é tão singular que você pode contratar uma aula privada ou em grupo de culinária italiana em Chianti. Recomendo demais que essa vivência esteja no seu roteiro Toscana.

reserva getyourguide


05. Passear nas ruelas de Montefioralle

Esse tópico é uma continuação do passeio anterior – enquanto esperávamos a Bárbara finalizar os pratos e colocar a mesa, fomos passear pelas ruelas de Montefioralle, que, como falei, era um castelo!

As dependências do castelo foram divididas e transformadas em casas, onde hoje moram pessoas diversas. O que eu mais gostei desse bairro de Chianti, é que todas as paredes e chão são feitos de pedras, as casinhas são decoradas com portinhas de madeira, flores na sacada, na porta…! Tudo é muito fofo e parece ter saído do Pinterest.

montefioralle na toscana
Passeando pelas ruelas de Montefioralle. Lindo!

O tempo estava um pouco nublado e frio, mas em dias de céu azul, o visual visto da cidade é lindo demais, com campos verdinhos! Mesmo se você não fizer a aula de culinária, não deixe de incluir uma visita à Montefioralle no seu roteiro.

Vimos alguns pequenos restaurantes por lá, pode ser uma boa ideia parar para almoçar ou jantar!


06. Degustação de Vinhos em uma Vinícola

Em Chianti, recomendo também visitar uma vinícola e degustar alguns vinhos, como o Chianti Clássico, feito com uvas da região. Essa é uma ótima opção de o que fazer na Toscana no inverno.

A vinícola que fomos, super charmosa!

O Chianti Classico é o tipo de vinho mais artesanal e até um pouco raro – não é vendido em qualquer mercado e tem a época certa para ser encontrado.

A vinícola que fomos se chama Vallone di Cecione. Super charmosa, com uma pequena produção e aquela carinha de interior. Degustamos vários vinhos na companhia do filho do fundador e da Barbara, que foi junto com a gente. O céu abriu e tivemos um final de tarde muito gostoso!

Você também pode ter essa experiência e visitar duas vinícolas em Chianti, com direito a degustação de vinhos e outros produtos locais! O passeio sai de Florença e é feito em pequenos grupos.

reserva getyourguide


07. Se perder nas ruelas charmosas de Lucca

Assim que alugamos o carro em Florença, seguimos para Lucca, que fica a 1h de distância.

A cidade é toda murada, com igrejas, construções históricas e muito charme. A dica é passear sem rumo pelas ruelas, observar os detalhes das janelas, parar em alguma praça para tomar um café ou, claro, um sorvete.

o que fazer na toscana visitar lucca
Passeando em Lucca!

Uma manhã ou uma tarde já é o suficiente para passear bastante pelas ruelas de Lucca, que tem um ar medieval e muitas lojinhas legais!


08. Tirar uma foto com a Torre de Pisa

Bem pertinho de Lucca, está Pisa, cidade muito famosa por causa da Torre de Pisa – um dos pontos turísticos mais visitados do mundo e que, certamente, não pode ficar de fora da sua lista de o que visitar na Toscana.

A história da torre é super curiosa. Ela foi construída entre os séculos XII e XIV e ficou inclinada por causa de um erro de engenharia, que fez o terreno ceder. Até hoje ela permanece inclinada e dá muito nervoso ver aquela construção enorme tombando pro lado!

o que fazer na Toscana Torre de Pisa
Brincando com a Torre de Pisa!

Essa é a grande atração da cidade, então, se você tiver pouco tempo como eu, recomendo ir direto na torre, usar a criatividade na hora de tirar fotos (você vai ver toooodo mundo fazendo poses engraçadas!) e, se quiser, há também a possibilidade de subir na torre! Custa 18 euros por pessoa a visita de 30 min. Clique aqui para comprar seu ingresso antecipado e evitar filas.

reserva getyourguide


09. Contemplar as construções medievais de San Gimignano

No caminho entre Florença e Siena, está San Gimignano, uma das cidades medievais mais bem preservadas, considerada, inclusive, patrimônio da humidade pela UNESCO! É uma das cidades do roteiro Toscana que mais recebe visitantes o ano todo, e dá pra entender o porquê assim que você chega lá.

A cidade já foi um castelo e já teve mais de 72 torres! Encontrei um post muito bom do 360 Meridianos, que conta um pouco mais da história da cidade e sugere um roteiro completo de 1 dia por lá. Vale a pena conferir.

Como eu tive pouco tempo, cheguei em San Gimignano já no finalzinho da tarde, então as lojas e restaurantes já estavam fechando. Me falaram que lá está a sorveteria que ganhou o título de melhor sorvete do mundo. Eu passei na frente dela, mas estava tãão frio que não tomamos o sorvete. O nome é Gelateria Dondoli, e seempre tem fila. Fica a dica para quem for até lá!


10. Almoçar em Montepulciano

Montepulciano foi uma grata surpresa nessa roadtrip pela Toscana. Iríamos seguir para Montalcino, que é mais famosa, mas resolvemos parar em Montepulciano e nos apaixonamos. Arrisco dizer que foi a nossa cidade preferida da Toscana!

Montepulciano fica no alto de uma colina. Tem ruelas estreitas, é menos turística do que as outras, vários restaurantes (osterias e tratorias) simples e charmosas, lojinhas legais com lembracinhas e um visual incrível. Como a cidade fica no alto, conseguimos ver, de vários pontos da cidade, uma paisagem linda – muitas plantações e estradas!

montepulciano
Nas ruelas fofas de Montepulciano

Encontramos um restaurante muito gostoso chamado Trattoria di Cagnano. Pedi o risoto de gorgonzola com pêra e estava maravilhoso. Depois, caminhamos até a praça principal, que fica ainda mais no alto e estava tendo uma feirinha de chocolate.

Sabe quando você não espera muito de um lugar e ele surpreende? Montepulciano foi assim! Por lá, você também pode fazer uma visita guiada às adegas históricas com degustação de vinhos. Tours de vinhos são sempre ótimas opções de o que fazer na Toscana no inverno. Mas se você for visitar a cidade no verão europeu, vale a pena fazer o passeio para conhecer as construções históricas.

reserva getyourguide


11. Comprar bolsas de couro com ótimo preço em Montepulciano

Não poderia deixar de dar essa dica para vocês. Em Florença, vimos muitas feiras de rua e lojas vendendo bolsas de couro, mas, por ser uma cidade mais turística, os preços eram mais altos. Em Montepulciano, por acaso, achamos lojinhas menores e com muuuita variedade de bolsas, carteiras, sapatos.. e o melhor, com o preço muito bom!

o que fazer toscana bolsas de couro
Bolsas de couro em Montepulciano!

Pra vocês terem uma ideia, comprei uma bolsa grande, molinha, de couro por 25 euros (preço de 2019). No Brasil, tenho certeza que o mínimo que pagaria em uma bolsa de couro como essa, seria R$200. Fica a dica para você reservar um pouquinho mais de tempo para fazer comprinhas por lá!


12. Experimentar o famoso vinho Brunello em Montalcino

Confesso que não achei Montalcino imperdível. A cidade é menor e não tão charmosa, mas os amantes de vinhos vão adorar conhecer!

Ela é famosa por conta do vinho Brunello, feito 100% de uva Sangiovese Grosso, uva típica da região, produzido em uma área limitada de cerca 2.100 hectares ao redor de Montalcino. Ele deve ser colocado à venda somente 5 anos após a colheita, dos quais deve passar ao menos 2 anos em barril de carvalho e 6 meses em garrafa. Foi o primeiro vinho italiano a receber o selo DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida), em 1980.

Há várias lojinhas para fazer degustação dos vinhos e comprar garrafas por um preço muito mais acessível do que no Brasil. Encontrei uma matéria bem legal, falando mais sobre Montalcino e sobre o vinho, você pode ler aqui.

o que fazer na toscana tour de vinho
Um tour de vinho na Toscana é imperdível.

Quando estiver procurando na Toscana o que fazer, aproveite para incluir no seu roteiro uma degustação especial do vinho Brunello com almoço nas vinícolas da região. Por ser um passeio bastante procurado, não deixe de garantir seu ingresso com antecedência.

reserva getyourguide


O que fazer na Toscana em 3 dias

A região da Toscana (Itália) possui uma variedade enorme de pontos turísticos e passeios imperdíveis. Repleta de cidades históricas, é comum que quem visita a região se sinta perdido na hora de organizar o roteiro.

Veja agora então nossa sugestão de o que fazer na Toscana em 3 dias. Montei esse roteiro baseado na minha experiência da última viagem. Você pode fazer de base uma cidade (sugiro Florença ou Pisa, as cidades mais famosas da região) e fazer um bate e volta para outros lugares de carro ou trem.

  • Dia 01: Comece o seu roteiro Toscana por Florença. A cidade possui muitos pontos turísticos, então não perca tempo! A Catedral Duomo é imperdível, então visite-a primeiro junto com a cúpula de Brunelleschi. Almoce um sanduíche All’Antico Vinaio. Depois, caminhe pela Ponte Vecchio + Palazzo Vecchio + veja o pôr do sol na Piazzale Michelangelo. Jantar no Mercato Centrale é uma boa pedida!
  • Dia 02: Dia de conhecer Chianti e, além de passear pelas ruas da cidade, faça uma aula de culinária italiana com almoço incluso. Depois, não deixe de fazer um tour pelas vinícolas da região com degustação do famoso vinho local Chianti Clássico.
  • Dia 03: Conheça as cidades Lucca e Pisa, já que as duas cidades estão a menos de 20km de distância uma da outra. Sugiro ir em Lucca primeiro, andar pelas ruas charmosas e almoçar em um restaurante da região. Depois, vá para Pisa e aproveite para conhecer o cartão postal da cidade: a Torre de Pisa. Tire fotos divertidas nos jardins e, se preferir, suba até o alto da Torre pagando o ingresso de entrada.
passeios florença
Ponte Vecchio em Florença.

O que fazer na Toscana em 5 dias

Se você tem mais dias para visitar a Toscana (Itália), você poderá conhecer mais cidades e aproveitar tudo o que a região tem a oferecer. Por isso, confira nossa sugestão de roteiro com o que fazer na Toscana em 5 dias:

  • Dia 01: Comece por Florença e sua imponente Catedral Duomo + cúpula de Brunelleschi. Almoce um sanduíche All’Antico Vinaio. Depois, caminhe pelas ruas de Florença até a Ponte Vecchio + Palazzo Vecchio. Se você gosta de experiências diferenciadas, faça rafting pelo rio Arno.
  • Dia 02: Ainda em Florença, visite a Galleria Dell’Accademia + Piazza della Signoria + Jardins de Boboli. Admire o pôr do sol da Piazzale Michelangelo. Termine o dia jantando no Mercato Centrale.
  • Dia 03: Faça um bate e volta até Chianti. Na cidade, recomendo viver a experiência de uma aula de culinária italiana com chef local com almoço e depois aproveite para conhecer as vinícolas da região e degustar o famoso vinho Chianti Clássico.
  • Dia 04: Dia de conhecer as cidades Lucca e Pisa. Você pode fazer um bate e volta, mas sugiro que deixe Florença e visite Lucca com suas muralhas e ruas charmosas. Aproveite para almoçar nos restaurantes do centro histórico e depois vá para Pisa, tire fotos engraçadas com a Torre de Pisa e se hospede na cidade.
  • Dia 05: Faça um bate e volta até as cidades de Montepulciano e Montalcino. Apesar de Montepulciano ser pouco conhecida e explorada pelos turistas, nós amamos essa charmosa cidade com uma vista incrível. Recomendo almoçar por lá e visitar as lojinhas da região, onde os preços são bem mais atrativos. Depois vá para Montalcino e deguste o famoso vinho local Brunello.
o que fazer na toscana chianti
Vinhedos de Chianti.

Roadtrip na Toscana: vale a pena?

Em minha última viagem para a Itália, a experiência com um carro alugado para fazer o tour pela Toscana foi muito boa. Eu pude perceber algumas vantagens ao fazer a roadtrip na Toscana.


Primeiro, o aluguel de carro na Toscana não é muito caro. Inclusive, sugiro utilizar o site da RentCars que tem um comparador de preços das principais locadoras da região. Você pode escolher qual preço cabe no seu orçamento e pode alugar online, pagando parcelado em reais e fugindo de impostos como o IOF.

Eu usei a RentCars na hora de alugar o carro para a nossa roadtrip na Toscana e outra vantagem que pude perceber é que a região é lotada de locadoras de veículos, por isso, você pode alugar o carro em uma cidade e fazer a devolução em outra. Isso é de uma praticidade sem tamanho! Eu peguei o carro em Florença, conheci várias cidades da Toscana e, ao final da viagem, fiz a devolução em Milão, onde era nosso voo de volta para o Brasil.

roadtrip pela toscana
Você vai ver paisagens como essa a todo momento durante uma roadtrip pela Toscana!

Mas o melhor de tudo quando o assunto é tour pela Toscana de carro, sem dúvidas é a liberdade de poder fazer paradas em qualquer lugar do caminho para fotografar e apreciar a paisagem. Também é super legal ter a sua independência com um carro porquê, se aparecer alguma cidadezinha no caminho que te chame atenção, você pode mudar o roteiro sem pensar duas vezes e ir conhecer um lugar novo.

Se você quiser saber mais detalhes sobre a minha experiência, não deixe de ler o nosso post sobre a minha roadtrip na Toscana. Lá você encontrará mais informações sobre estradas e pedágios.

Outra dica é pegar o carro em uma cidade e devolver em outra. Nós retiramos o carro em Florença, fizemos toda a parte da Toscana e retornamos de carro até Milão, para pegar o nosso vôo de volta.

Caso você não queira alugar um carro, tem também a opção de fazer um roteiro Toscana de trem (por exemplo, Florença > Lucca > Pisa > Siena) e chamar um uber para conhecer outras cidades próximas.


Como chegar na Toscana

A Toscana é uma região central da Itália composta por 10 pequenas cidades medievais e muito charmosas, sendo Florença e Pisa as maiores. Além disso, as paisagens de campos esverdeados nas estradas que ligam uma cidade a outra são impressionantes.

roadtrip na toscana
Estradas da Toscana. Parece até uma pintura.

Se você quer saber como chegar na Toscana, é importante começar falando que a região possui dois aeroportos: um em Florença e o outro em Pisa. Entretanto, esses aeroportos não recebem voos diretos do Brasil.

Sendo assim, turistas que saem do Brasil com destino à Toscana devem procurar voos para as cidades vizinhas Roma ou Milão. De lá, você pode optar por pegar algum voo interno até Florença ou Pisa. Ou então pode optar por alugar um carro e começar sua roadtrip por ali mesmo!

A duração de uma viagem de carro de Roma até Florença é de aproximadamente 2h30min. Enquanto de Milão até Florença a viagem costuma levar 3h30min, por exemplo. Se você conseguir descansar durante o voo, vai se dar bem na estrada. Mas se não conseguir, essa distância pode ser um pouco incômoda.


Quantos dias ficar na Toscana

Muitos seguidores me perguntam quantos dias ficar na Toscana. Em minha viagem, eu tinha 7 dias na Itália sendo que escolhi fazer meu roteiro Toscana em 4 dias. Para ser sincera, consegui conhecer bastante coisa, mas senti que alguns passeios foram feitos às pressas, como em Pisa, onde só pude conhecer a Torre de Pisa.

o que fazer em florença ponte vecchio
A histórica e charmosa Ponte Vecchio, vista da Praça Michelangelo, em Florença.

Por isso, eu acho que o ideal seria poder reservar de 5 a 7 dias para poder explorar melhor cada cidadezinha por onde passar. Mas se você tiver menos dias, o segredo é ter bastante organização na hora de montar o seu roteiro e escolher o que fazer na Toscana.


Onde ficar na Toscana

A nossa viagem teve duração apenas de 7 dias, e reservamos 4 para conhecer a Toscana. Nos hospedamos por duas noites em Florença e as outras duas noites em Siena. Optamos por hotéis mais simples, confortáveis e bem localizados.

A seguir, você poderá ver as melhores opções de onde ficar na Toscana, nas principais cidades. Selecionamos hotéis bem localizados e com bom custo x benefício.

Onde ficar em Florença:

01. Hotel Margaret – nossa escolha

Em Florença ficamos no Hotel Margaret, que era bem central, perto de vários restaurantes e das principais ruas da cidade. Durante a nossa estadia por lá, visitamos Chianti, uma região lindíssima com vinícolas e aproveitamos para conhecer bem Florença.

reserva hotel

reserva hotel


02. Hotel St. James

Outra opção de onde ficar em Florença é o Hotel St. James. Esse é um simples e charmoso hotel que impressiona por sua localização. Você poderá conhecer tudo a pé, já que todos os pontos turísticos estão a menos de 10 minutos de caminhada.

o que fazer na toscana florença
Hotel St. James. Foto: Divulgação Booking

reserva hotel

reserva hotel


Onde ficar em Siena

03. Hotel Alma Domus

O Hotel Alma Domus é nossa primeira indicação de onde ficar em Siena. Estamos falando aqui de um charmoso hotel situado em um casarão do século 13 que une o clássico e o moderno na mais perfeita harmonia.

Além disso, o hotel fica localizado no centro de Siena, bem próximo às principais atrações da cidade.

o que fazer na toscana siena
Hotel Alma Domus. Foto: Divulgação Booking

reserva hotel

reserva hotel


04. Hotel Certosa Di Maggianno

Essa é aquela indicação para quem gosta de um hotel bem completo e quer relaxar por uns dias em Siena. O Hotel Certosa Di Maggiano está instalado em um antigo mosteiro em meio aos campos verdes da Toscana.

O hotel é enorme e conta com restaurante, bar, piscina aquecida e quadra de tênis. Sabia que até vinhedos você encontra por lá? Por isso, apesar de estar localizado a quase 2km de distância do centro de Siena, vale a pena a hospedagem se você estiver com carro.

onde ficar na toscana siena
Hotel Certosa Di Maggianno; Foto: Divulgação Booking

reserva hotel

reserva hotel


Onde ficar em Lucca

05. Albergo San Martino

Para quem gosta de acomodações centrais, o Albergo San Martino é perfeito. Ele fica dentro das muralhas do centro de Lucca. Os quartos são espaçosos, arejados e bem iluminados. Além disso, algumas unidades contam com banheira de hidromassagem.

reserva hotel

reserva hotel


06. Hotel Palazzo Alexander

Outra ótima opção de onde ficar em Lucca, no centro histórico, é o Hotel Palazzo Alexander. A decoração do hotel é bem renascentista e muito charmosa. Você se sente mesmo na Itália, sabe? O café da manhã está incluso na diária, o que é ótimo.

onde ficar na toscana lucca
Hotel Palazzo Alexander. Foto: Divulgação Booking

reserva hotel

reserva hotel


Onde ficar em Pisa

07. Hotel Di Stefano

O Hotel Di Stefano é um lindo hotel com uma vista maravilhosa de Pisa e sua torre ao fundo. Os quartos são confortáveis e alguns possuem banheira de hidromassagem. O hotel conta com bar e estacionamento gratuito. Além disso, você poderá ir do hotel até a Torre de Pisa em uma curta caminhada de 5 minutos. Já o aeroporto de Pisa está a 10min de carro.

onde ficar na tocana pisa
Visual do terraço do Hotel Di Stefano. Foto: Divulgação Booking

reserva hotel


08. Hotel Bologna

Localizado no centro histórico de Pisa, o Hotel Bologna conta com café da manhã, estacionamento gratuito e bar para os hóspedes. Inclusive, todas as noites acontece uma degustação gratuita de produtos da Toscana no bar do hotel.

Os quartos são enormes e contam com janelões de onde você pode ver as ruelas de Pisa. A Torre de Pisa fica a 12min de caminhada do hotel.

o que fazer na toscana pisa
Hotel Bologna. Foto: Divulgação Booking

reserva hotel

reserva hotel


Seguro Viagem na Itália

Você já deve saber que é obrigatório ter o seu seguro viagem nas viagens para a Europa, né?

E mesmo se não fosse obrigatório, é indispensável ter o seu seguro em viagens que incluem roadtrips – afinal, ninguém está livre de um acidente, infelizmente. É claro que não queremos que nada do tipo aconteça, mas, é sempre bom estar prevenido e evitar gastar rios de dinheiro, caso alguma coisa aconteça.


A gente sempre indica aqui no blog o seguro viagem do site Seguros Promo. Eles possuem uma ferramenta de comparação de preços e apólices onde você poderá selecionar o seguro que melhor se encaixa na sua vida e no seu orçamento. Gostamos muito do Assist Trip, que tem uma cobertura bem completa, inclusive para extravio de malas.

Leitores do Mala de Aventuras garantem 5% de desconto com o cupom MALADEAVENTURAS na contratação do seu seguro através do site da Seguros Promo. Além disso, você pode fazer sua cotação gratuita clicando aqui.

onde ficar toscana
Carrinhos charmosos pela Toscana! Foto: @nandahudson

Chip de internet para usar na Itália

A praticidade de viajar com chip de internet internacional é tanta que a gente não consegue mais viajar sem internet!

Seja para se comunicar com a família pela whatsapp, usar o Google Maps ou o Waze, postar fotos no instagram, pesquisar sobre algum restaurante e até reservar na hora um hotel através do Booking, ter chip de internet facilita muito as coisas durante uma viagem – até mesmo a comunicação com pessoas que falam outra língua!

Nessa viagem usamos o chip de internet da América Chip. É sério, o chip deles é muito bom, com internet rápida e sinal em praticamente todos os lugares. Além disso, os planos possuem internet ilimitada. Perfeito, né?

Para ganhar 5% de desconto na compra do seu chip de internet para a Itália, utilize o cupom MALADEAVENTURAS no site da América Chip. Você compra seu chip onlinesem sair de casa e já chega no seu destino conectado.

chip internacional europa quanto custa


Leia também: chip internacional Europa: qual é o melhor? como comprar? quanto custa?


Dúvidas frequentes de quem procura o que fazer na Toscana

Viajar é sair da nossa zona de conforto e, com isso, é super comum que várias dúvidas apareçam quando estamos pesquisando mais sobre o nosso destino.

Então, para ajudar nossos leitores, vamos responder a seguir as principais perguntas de quem procura o que fazer na Toscana. Continue lendo, afinal, vai que a sua dúvida está aqui também?!

O que não pode deixar de fazer na Toscana?

Você já percebeu que passeios não vão faltar na sua viagem para a Itália, não é mesmo? Por isso, para não perder os principais pontos turísticos, veja agora o que não pode deixar de fazer na Toscana:

  • Visitar a Catedral Duomo em Florença.
  • Caminhar pela Ponte Vecchio em Florença.
  • Admirar o pôr do sol da Piazzale Michelangelo em Florença.
  • Tirar fotos divertidas na Torre de Pisa em Pisa.
  • Fazer degustação de vinhos Chianti Clássico e/ou Brunello.
  • Fazer bate e volta até as cidades de Montepulciano e Montalcino.
seguro viagem itália torre de pisa
Em roadtrip pela Toscana, não deixe de conhecer a Torre de Pisa!

O que ver na Toscana?

Se você quer saber o que ver na Toscana, saiba que a lista é extensa:

o que fazer florença jardim de boboli
Cantinhos do Jardim de Boboli.

Qual o melhor roteiro Toscana 4 dias?

Em 4 dias na região da Toscana, você conseguirá conhecer muuuita coisa, mas os passeios vão precisar ser mais curtos e corridos. Com isso, se você ainda tem dúvidas sobre qual o melhor roteiro Toscana 4 dias, confira nossa sugestão a seguir:

réplicas david em florença
Uma das réplicas de David, em Florença.

Quais os melhores hotéis na Toscana?

Quais são os hotéis baratos na Toscana?

Quanto tempo ficar na Toscana?

Se você quer saber quanto tempo ficar na Toscana, eu sugiro que aproveite uma semana da sua viagem na região. Eu fiquei apenas 4 dias e, apesar de ter conhecido bastante coisa, senti que alguns passeios foram feitos na correria.

Por isso, monte sua lista de o que fazer na Toscana em 7 dias e aproveite o melhor dessa bela região da Itália. Você poderá conhecer muitos pontos turísticos, visitar várias cidades e viver experiências únicas e inesquecíveis.

Quais são os melhores passeios na Toscana?

Essa região é muito rica em atividades, mas os melhores passeios na Toscana são:


Pronto para decidir o que fazer na Toscana?

Agora que você já viu tudo o que fazer na Toscana, está se sentindo preparado para montar o seu roteiro? A gente espera que sim! Mas se você ainda tem alguma dúvida, não deixe de comentar aqui embaixo para que possamos te ajudar.


Você também pode gostar de ler:

Roteiro Itália 7 dias: Milão, Veneza, Florença, Siena (+ cidades da Toscana!)

Roadtrip na Toscana: vale alugar um carro?


OBS: é provável que você encontre links de afiliados nesse post. Portanto, se você utilizou os nossos links para fazer as reservas da sua viagem, muito obrigada! É dessa forma que mantemos o blog ativo e sempre atualizado, pois ganhamos uma pequena comissão gerada através dessas vendas - e você não paga nada a mais por isso!
Quem escreve | @nandahudson
Quem escreve
Criadora de conteúdo e viajante profissional, a co-fundadora e editora do Mala de Aventuras está sempre em busca de paisagens de tirar o fôlego e experiências transformadoras pelo Brasil e pelo Mundo.

3 respostas

    1. Oi Raquel! Puxa vida, me parece que a Foodtrip encerrou as atividades durante a pandemia… 🙁

      Mas pesquisei aqui algumas alternativas para te ajudar a ter uma experiência de gastronomia legal na Toscana! A gente costuma usar um site chamado Get Your Guide para tours e experiências em viagens para o exterior. E encontrei duas bem legais:

      1) Aula de Pizza e Gelato em uma fazenda na Toscana: https://www.getyourguide.pt/florenca-l32/aula-de-culinaria-pizza-e-gelato-em-uma-fazenda-na-toscana-t109138/?partner_id=IDD8J5F&utm_medium=online_publisher&placement=content-end&cmp=toscana

      2) Aula de culinária em Florença com visita ao mercado local: https://www.getyourguide.pt/florenca-l32/mercado-italiano-e-cooking-class-florenca-t10918/?partner_id=IDD8J5F&utm_medium=online_publisher&placement=content-end&cmp=toscana

      Espero ter ajudado =)

      Beijos,
      Gaia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *